Huawei desiste de lançar celular com tela dobrável

Mate X chegaria as lojas entre junho e agosto, mas fabricante decidiu rever a decisão.

aparelho mate x
Benjamim Hall / CNBC

A Huawei, segunda maior fabricante de celulares do mundo, desistiu de lançar seu mais novo aparelho. O produto foi revelado em fevereiro, durante o MWC, principal evento da categoria, causando grande impacto não só pela sua tecnologia mas também pela possibilidade de dobrar a tela.

O plano inicial era que o Mate X chegasse as lojas da Europa e China entre junho e agosto, mas a Huawei decidiu rever a decisão. Rumores indicam que a medida tenha sido pra evitar um fracasso semelhante ao que aconteceu com a concorrente Samsung e o seu Galaxy Fold.

Segundo o vice-presidente sênior da Huawei, a companhia chinesa, quer realizar mais testes justamente com o visor flexível. E não é só a cadeia produtiva que gera ressalvas, segundo o executivo.


VIU ISSO?
Facebook e outros apps não estarão nos celulares Huawei
Huawei não será proibida de atuar no Brasil
Guerra dos EUA contra Huawei pode beneficiar 5G no Brasil

Desde que o governo americano resolveu interferir nas relações entre empresas chinesas e norte americanas, a Huawei especialmente vive um momento conturbado.

Principalmente por se tratar do lançamento de um novo celular, pois não é certo ainda se o Mate X poderia utilizar o sistema operacional Android da Google. Além da Huawei, outros fabricantes entre eles a americana Motorola, prometiam lançamentos de produtos com essa tecnologia para 2019.

About Bruno Ribeiro
Jornalista com atuação regionalizada há mais de 10 anos em assessoria de imprensa para o setor de Telecomunicações. Com passagem por Agência de Comunicação, Jornais e TV da região nordeste.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários