WhatsApp terá proteção de conversas por senha

Com o novo recurso, o aplicativo espera oferecer uma camada extra de segurança para o backup de mensagens dos usuários.

De acordo com rumores, o WhatsApp está desenvolvendo um novo recurso que permite aos usuários proteger com senha as conversas armazenadas em backup.

A ideia é oferecer maior proteção para os arquivos de mensagens e mídias salvas na nuvem, como no Google Drive e iCloud.

Apesar do WhatsApp oferecer criptografia de ponta a ponta, ainda faltava um recurso de segurança para proteger o backup de conversas armazenadas fora do aplicativo.

De acordo com o site WABetaInfo, foram encontrados trechos no código fonte do aplicativo que indicam que uma ferramenta de proteção de backups está sendo implementada pelo WhatsApp.

VIU ISSO?

–> WhatsApp vai bloquear mensagens de quem não aceitar novas regras

–> Telegram já está presente em quase metade dos celulares no Brasil

–> WhatsApp libera chamadas de voz e de vídeo no computador

Segundo os desenvolvedores, o backup armazenado na nuvem será criptografado e atrelado ao número de telefone usado no aplicativo.

Além disso, o usuário precisará digitar uma senha para desbloquear as mensagens do backup.

A novidade evitaria que as conversas sejam interceptadas por terceiros.

Além disso, a senha utilizada não será compartilhada pelo WhatsApp ou enviada para terceiros.

Ou seja, se o usuário perder a senha ele não terá mais acesso ao backup.

Segundo o WABetaInfo, o recurso estará disponível para os sistemas Android e iOS e também será possível armazenar o backup localmente, no próprio celular, por exemplo

O WhatsApp ainda não emitiu uma nota oficial sobre o novo recurso, mas a expectativa é que ele seja disponibilizado em breve.

Novas regras de privacidade

Com o lançamento da proteção de backup por senha e outros recursos de segurança, o WhatsApp parece querer transmitir a mensagem que se preocupa com a privacidade dos usuários.

Desde que o Facebook, proprietário do WhatsApp, anunciou em janeiro passado uma nova política de privacidade, a empresa tem sido alvo de críticas.

A ideia é que os dados do WhatsApp sejam compartilhados com o Facebook, para futuras ferramentas de e-commerce e publicidade.

Diante da recepção negativa, a empresa adiou para 15 de maio a implementação da nova política.

Até lá, os usuários terão que concordar com as novas regras, caso contrário, não poderão mais utilizar o aplicativo de mensagens.

Com informações de Canaltech.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários