Telegram, Twitter e Facebook vão lançar ‘alternativas’ ao Clubhouse

Ainda restrito a usuários do iPhone, nova rede social da moda lançou o conceito de salas de bate-papo por voz.

De olho no sucesso do Clubhouse, as principais redes sociais já começam a se movimentar para lançar as suas próprias versões das salas de bate-papo por áudio.

É o caso do Telegram, Twitter e Facebook.

Recém-lançado, o Clubhouse – ainda restrito a convidados e a usuários do iPhone -, o aplicativo rapidamente foi adotado por empreendedores, celebridades e empresas, o que gerou um grande frenesi em torno da nova rede social.

No Brasil, por exemplo, a TIM aproveitou a onda para lançar as suas próprias salas com o objetivo de debater assuntos relacionados a identidade de gênero, inclusão de mulheres e feminismo.

VIU ISSO?

–> Telegram já está presente em quase metade dos celulares no Brasil

–> WhatsApp está testando recurso que acelera reprodução de áudio

–> Malware capaz de roubar dados bancários invade Play Store

A primeira rede social a disponibilizar uma alternativa ao Clubhouse foi Twitter, com o recém lançado Twitter Spaces.

Com o novo recurso, usuários de contas públicas podem criar salas de bate-papo por voz, escolhendo quem pode ter acesso ou tem autorização para falar.

Por enquanto, a função permite até 10 pessoas falando simultaneamente. Já o número de ouvintes é ilimitado.

A novidade está sendo liberada aos poucos para os usuários do Twitter.

Já no Facebook, conhecido por agregar em sua plataforma novidades de serviços rivais, também já está desenvolvendo o seu próprio recurso de bate-papo por áudio.

Um desenvolvedor acabou encontrando as linhas de código da nova funcionalidade na rede social de Mark Zuckerberg.

Além do Facebook, é provável que as salas de voz também sejam disponibilizadas no Instagram.

Finalmente, no Telegram, que tem se tornado uma alternativa ao WhatsApp, pretende deixar o novo recurso mais interessante, ao integrar as salas de bate papo aos grupos do aplicativo.

Também será possível gravar áudio e disponibilizar nos grupos.

Seria uma espécie de teleconferência em áudio, mas com um pouco mais de controle.

A novidade já está liberada em versões de testes do aplicativo de mensagens instantâneas.

Entretanto, tanto no Facebook quanto no Telegram, ainda não há informações oficiais sobre quando o novo recurso estará disponível para todos os usuários.

Com informações de Canaltech.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários