14/04/2024

DirecTV gerou prejuízo acima de US$ 50 bilhões

Marca foi vendida pela AT&T por US$ 7,8 bilhões, mas custou US$ 67 bi para os cofres da AT&T há alguns anos.

Ilustração PxHere
Imagem: Ilustração PxHere

A AT&T prometeu uma grande revolução no mercado de TV por assinatura e terminou com uma gigante bagunça em mãos. Essa é a conclusão do site norte-americano The Verge, que fez uma análise sobre o negócio recente da companhia.

Nos últimos dias, a gigante operadora da “terra do Tio Sam” vendeu a DirecTV por US$ 7,8 bilhões e seguirá com uma participação de 70% na marca. A análise considera o valor total de US$ 16,25 milhões na operação.

Em 2014, a DirecTV foi comprada pela AT&T por US$ 67 bilhões. Na prática, é um prejuízo que ultrapassa o valor de US$ 50 milhões, pelas aterrorizantes análises de mercado.

A empresa destaca apenas que o negócio não saiu como o planejado, para tentar suavizar a considerável perda que tiveram com o investimento que fizeram no mercado de TV por assinatura.

VIU ISSO?

–> DirecTV Go começa a receber afiliadas da TV Globo

–> DirecTV Go está de volta ao Brasil com IPTV de R$ 59,90

–> Desejada por brasileiros, a AT&T é mesmo tudo o que dizem?

Agora, a grande investida é deixar a imagem de “telecom tradicional” de lado e se tornar uma empresa de novas mídias. É o caminho que diversas operadoras buscam para se “modernizar” e conseguir novas fontes de receitas, além da telefonia móvel.

Até mesmo no Brasil o fenômeno pode ser visto e acompanhado. Teles como Vivo e Claro se fortalecem cada vez mais em uma identidade “multisserviços”.

Mas, no caso da AT&T, de acordo com o The Verge, funcionários e consumidores pagam a conta pela enorme bagunça que se tornou a economia da operadora norte-americana. Não é de hoje que a marca promove demissões em massa e aumento de preços, a fim de otimizar seus negócios.

A venda da DirecTV, por exemplo, deve contribuir para que a empresa pague as despesas que assumiu com a compra dos espectros para o 5G.

No entanto, o mercado segue com a análise de que o investimento da empresa na marca foi a “pior aquisição de todos os tempos”. Enquanto isso, o streaming surge no horizonte com o HBO Max, que será expandido em breve.

Com informações de The Verge

2 COMENTÁRIOS

Se inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários