TIM será patrocinadora do Comitê Olímpico do Brasil

Desde as Olimpíadas Rio-2016, este é o primeiro contrato expressivo celebrado pelo COB.

Nesta quinta-feira, 21, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) deverá anunciar que celebrou um novo contrato de patrocínio com a operadora TIM.

A empresa de telefonia adquiriu uma cota de patrocinadora oficial, sendo menor do que o “patrocinador máster”, que ainda segue vago.


O valor do patrocínio ainda não foi revelado.

Apesar de a entidade já possuir outros “patrocinadores” e “apoiadores”, este contrato com a TIM é o mais expressivo desde as Olimpíadas do Rio-2016.

VIU ISSO?

–> TIM reforça compromisso com pautas ambientais e sociais

–> TIM e Claro vão prestar serviços de telefonia para o Governo Federal

–> FiberCo: TIM anuncia criação de nova empresa e divisão de ativos

Por ser o comitê do país-sede, entre 2010 e a realização da Rio-2016, o COB era impedido de celebrar contratos de patrocínio, tendo os seus recursos sendo repassados pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

Após 2016, o COB enfrentou dificuldades para vender cotas de patrocínio, principalmente após a prisão do ex-presidente do comitê, Carlos Arthur Nuzman, acusado de comprar votos de jurados para a eleição do Brasil como país-sede.

O patrocínio da operadora deve ajudar a aliviar as contas do COB, que depende de recursos públicos.

Com informações de UOL.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

Leave a comment