Relatos de falha no Gmail são imprecisos, diz Google

‘Gigante das buscas’ emitiu esclarecimento a respeito da suposta falha registrada nesta segunda-feira; confira.

Ilustração Gmail
Imagem: Ilustração Pixabay

Nesta segunda-feira, 4 de janeiro, o Gmail teve instabilidades e gerou uma série de reclamações por parte de usuários.

Muitos questionavam o fato de o serviço sair do ar justamente no primeiro dia útil de 2021.


Pelo Downdetector, o pico de notificações ocorreu às 12h23. Curiosamente, a página do Google também registrou relatos de instabilidade, mas a julgar pelo conteúdo, são reflexos da falha do Gmail.

O acesso ao e-mail foi a funcionalidade mais relatada entre o que foi prejudicado. A parte de envio concentra 24% das reclamações.

VIU ISSO?

–> Veja os resultados da internet de 2 Gbps do Google

–> Netflix fica de fora da Google TV; entenda

–> Sites piratas estão ‘sumindo’ dos resultados da busca do Google

Aplicativos como Slack e Notion também fizeram parte dos relatos de instabilidades desta segunda-feira.

O primeiro é um serviço de mensagens instantâneas, muito utilizado por empresas.

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

Já o segundo é um banco de dados, traduzido em um serviço de notas com suporte a descontos e outras tarefas.

Sobre a falha do Gmail, a assessoria do Google Brasil enviou a seguinte nota de esclarecimento:

Todos os nossos sistemas estão operando normalmente

Aqui estão algumas informações de background, que podem ajudar a entender a situação:

> Sabemos que alguns sites terceiros como o Downdetector reportaram questões com o Gmail, entretanto essas ferramentas não são sempre precisas.

> Também estamos cientes de que alguns usuários do Gmail encontraram um “erro temporário”. Isso pode ser resolvido atualizando a página.

> Além disso, alguns usuários encontraram um “001 error”, que é uma questão de HTTP, não do Gmail. Recomendamos que os usuários chequem sua conexão com a internet e limpem seu cachê e cookies.”

[ATUALIZAÇÃO – 05/01/2020 11h39]:

Em novo contato com o Minha Operadora, a assessoria de imprensa do Google Brasil pediu para esclarecer que as informações incluídas no “background” não fazem parte do posicionamento da empresa para a imprensa.

As informações foram concedidas como um complemento para que os relatos e supostas instabilidades ficassem mais esclarecidas.

Abaixo, confira a repercussão:

Com informações de Downdetector e Assessoria de Imprensa Google

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários