Parceiro da TIM, C6 Bank é obrigado a suspender benefício

Ordem foi emitida pela Senacon, após crescimento expressivo de relatos; descumprimento pode gerar multa de R$ 100 mil por operação.

Interface do C6 Bank + Ilustração Pixabay
Imagem: Interface do C6 Bank + Ilustração Pixabay

Não é segredo que o C6 Bank explodiu nos últimos meses, muito por causa da estratégica parceria com a operadora TIM.

Pela oferta de benefícios e bônus, a conta digital conseguiu somar milhares de clientes da tele em sua cartela.

Entretanto, tamanho sucesso deixou a Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor) em alerta sobre qualquer prática irregular.

Tanto é que, nos últimos dias, a entidade pediu a suspensão das operações de crédito consignado do C6 Bank.

A medida ocorreu por causa do aumento expressivo de reclamações sobre empréstimos não contratados.

Ou seja, diversos clientes tiveram depósitos feitos em suas contas sem solicitação, ou melhor, autorização.

VIU ISSO?

–> Cliente TIM já pode fazer transferência instantânea pelo C6 Bank

–> Junto da TIM, C6 Bank pode virar maior banco digital do mundo

–> TIM levou 800 mil clientes para o C6 Bank em 3 meses

Em poucos meses, o número de queixas saltou de 90 para mais de 3.000 relatos contra o banco digital, cujo aumento foi de 1.900%.

Uma das vítimas do problema teve 11 empréstimos contratados em seu nome, sem sequer fazer o pedido.

Em caso de descumprimento da ordem da Senacon, o C6 Bank pode ter que arcar com uma multa de R$ 100 mil por operação.

Com informações de FDR

About Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários