InícioRegulaçãoAnatel publica normas de telecom para o suporte à segurança pública

Anatel publica normas de telecom para o suporte à segurança pública

Iniciativa visa aumentar regras sobre sigilo, prevenção de fraudes e apoio aos serviços públicos de emergência.

Nesta segunda-feira, 4, entrou em vigor a Resolução nº 738/2020, que modifica o regulamento dos serviços de telecomunicações prestados na segurança pública.

A norma foi editada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e teve como objetivo incluir regras quanto ao sigilo, prevenção de fraudes e apoio aos serviços de emergência.

No regulamento é determinado, por exemplo, que as operadoras de telefonia móvel e fixa, além de provedores de banda larga, precisam garantir acesso gratuito aos serviços públicos de segurança.

A nova resolução determina que as operadoras devem informar às autoridades informações sobre a localização da origem da chamada ou mensagem de texto.


Por outro lado, as empresas precisam zelar pelo sigilo das comunicações e confidencialidade dos dados pessoais dos usuários.

VIU ISSO?

–> Telefonia móvel completa 30 anos no Brasil

–> Anatel recebe prêmio pela qualidade de atendimento ao cliente

–> Anatel aprova novo regulamento de segurança cibernética

Além disso, as prestadoras devem armazenar a menor quantidade possível de dados pessoais, assegurar a confidencialidade das comunicações e adotar medidas de segurança para evitar fraudes.

Essas regras já existiam, mas estavam dispersas em regulamentos de cada serviço prestado.

A resolução também cria o Grupo Técnico de Suporte à Segurança Pública (GT-Seg) e altera o Regulamento sobre Exploração de Serviço Móvel Pessoal – SMP por meio de Rede Virtual (RRV-SMP), este último com o objetivo permitir uma maior colaboração entre as prestadoras e as operadoras móveis virtuais (MVNO).

Com informações de Assessoria de Imprensa Anatel.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários