Início5G5G deve acelerar retomada econômica pós-pandemia

5G deve acelerar retomada econômica pós-pandemia

No entanto, a vacina é vista como o primeiro passo para que as atividades voltem a operar normalmente; veja a opinião de executivos.

Ilustração - Destravar
Imagem: Pixabay

Com o cenário devastador da pandemia em todos os aspectos, o 5G é visto como a “luz no fim do túnel” para colaborar na retomada da pandemia.

No entanto, é a tão esperada vacina que será o estopim para que tudo volte a operar no ritmo de antes.


Eduardo Ricotta, executivo da Ericsson na América Latina, é um dos que opina a respeito do tema.

Para ele, uma reforma tributária com redução de custos se faz necessária, principalmente para estimular investimentos na América Latina.

VIU ISSO?

–> TIM derruba anúncios da Claro sobre ‘5G DSS’

–> Como é a operação 5G da Claro, Vivo e TIM mundo afora?

–> AgroMais e BandNews transmitem 1º link 5G ao vivo da TV brasileira

Na parte de telecomunicações, os tributos chegam a 60% e será necessário facilitar o caminho para a chegada do 5G.

O leilão é previsto para o meio do ano e, de acordo com Ricotta, vai ser uma tecnologia crucial para a retomada da economia.

“Para fomentar a inovação, o Brasil deveria adotar um plano nacional para o 5G, com garantia de acesso a baixo custo”, destacou.

Pietro Labriola, presidente da TIM Brasil, defende uma aliança entre os setores público e privado para combate de todos os problemas acentuados pela pandemia, como a desigualdade social.

Para o CEO, simplificar impostos é destravar a economia.

Com informações de O Globo

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários