TIM deixa empresa 12 dias sem telefone e terá que pagar indenização

Operadora ainda poderá entrar com o recurso para questionar a decisão judicial; saiba mais detalhes.

Ilustração Px Here
Imagem: PxHere

Uma empresa no ramo de material de construção, localizada em Cascavel, no Paraná, ficou 12 dias sem o serviço de telefonia da TIM.

O caso ocorreu em dezembro de 2018, mas a decisão judicial é recente. A empresa atendida pela operadora ficou sem o serviço, mesmo com a fatura paga.

A decisão coube a juíza Gabrielle Britto de Oliveira, que decretou uma indenização por dano moral por parte da tele.

E como se trata de uma pessoa jurídica, a linha telefônica é de uso indispensável para o andamento do negócio.

Portanto, a capacidade de gerar prejuízos à imagem da empresa perante os clientes pesou ainda mais no decreto judicial.

Houve ainda um outro problema, por causa de uma linha onde o cancelamento foi solicitado e não atendido, ou seja, seguiu com a geração de faturas.

VIU ISSO?

–> TIM Beta diminui pontuação para a categoria LAB

–> TIM terá programa de estágio com foco em negros e LGBTI+

–> TIM incentiva usuários a trocar chips 3G por 4G

A TIM foi condenada a restituir o valor de R$ 715,20, sob pena de multa diária de R$ 500.

A indenização por danos morais é de R$ 10 mil, mas a operadora ainda poderá entrar com um recurso.

Com informações de CGN

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários