Clientes da Vivo ficam sem serviço nesta sexta-feira

COMPARTILHAR:

Usuários estão sem dados e apenas com chamadas de emergência disponíveis; saiba os detalhes da instabilidade.

Imagem: Ilustração Vivo
Imagem: Ilustração Vivo

Por volta das 10h desta sexta-feira, 25 de setembro, clientes começaram a enviar notificações sobre uma possível queda nos serviços de telecomunicações prestados pela Vivo.

No Downdetector, que mapeia falhas em serviços do mundo inteiro, o gráfico começou a subir por volta das 10h09 e atingiu um pico de 1236 solicitações às 10h24.

De acordo com o gráfico, os problemas relatados estão relacionados à internet e telefonia.

Em publicações nas redes sociais, é possível ter acesso a mais detalhes sobre a instabilidade. Alguns clientes relatam que suas linhas só estão disponíveis para chamadas de emergência.

A internet móvel também está fora, conforme afirmam usuários. O site mostra que as cidades mais afetadas são: São Paulo, São Bernardo do Campo, Santo André, Campinas, Osasco e Florianópolis.

Com exceção da última, todas as outras estão localizadas no estado de São Paulo. Abaixo, confira o mapa de calor.

Cidades afetadas pela falha da Vivo
Cidades afetadas pela falha da Vivo

VIU ISSO?

–> Vivo TV terá acesso ao Amazon Prime Vídeo via decodificador

–> Vivo oferta assinatura no NFL Game Pass por R$ 29,99/mês

–> Usuários pedem redução de valores no Vivo Easy

Para entender a situação, o Minha Operadora entrou em contato com a assessoria de imprensa da Vivo.

[ATUALIZAÇÃO – 25/09/2020 12h37]:

Sobre a instabilidade, a Vivo emitiu o seguinte posicionamento:

A Vivo informa que os serviços de telefonia móvel e dados já foram normalizados. Alguns clientes podem ter encontrado dificuldades ao utiliza-los durante um breve período, devido a uma falha no equipamento de alta hierarquia da operadora responsável por realizar as conexões. A empresa ressalta que monitora constantemente sua rede para oferecer a melhor experiência aos clientes. A Vivo orienta a população a informar quando identificar problemas ou irregularidades na rede através do nosso site, além dos canais oficiais no Facebook e Twitter.

Confira também alguns relatos no Twitter:

Com informações de Downdetector

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
5 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários