CNN Brasil negocia fusão com rede nacional de TV

Com 100 dias no ar, emissora busca novas maneiras de aumentar sua receita e alcance.

Transmissão ao vivo da CNN Brasil
Imagem: Transmissão ao vivo da CNN Brasil

Recém-chegada na TV por assinatura, com apenas 100 dias de operação, a CNN Brasil começou a buscar novas formas de obter lucro e garantir sua futura operação, já que o segmento se encontra em uma evasão histórica e contínua.

De acordo com o colunista Daniel Castro, a versão brasileira da rede realiza três alternativas para evoluir o negócio: promover a fusão com redes nacionais de TV ou realizar uma compra ou arrendamento de canal regional aberto.


Para se fundir, emissoras como RedeTV!, SBT e Gazeta são alvos da rede. Nesse caso, a CNN Brasil assumiria todo o jornalismo da rede, seria como expansão de alcance para a TV aberta.

Já no cenário de compra ou arrendamento, o público teria a oportunidade de acompanhar também a CNN Brasil na TV aberta, ou seja, seria um canal com 24 horas de jornalismo também na TV aberta.

Oficialmente, a versão brasileira da CNN é vista como um case de sucesso. Apesar de não se destacar na lista das três maiores audiências da TV fechada, a emissora conseguiu a liderança no segmento em diversos momentos de sua operação.

No entanto, há rumores de que o início não tenha atendido expectativas de executivos e até mesmo profissionais. Reinaldo Gottino, por exemplo, um dos destaques da emissora, garantiu seu retorno para a Record, sua antiga casa de trabalho.

VIU ISSO?

–> Pequenas operadoras também transmitirão CNN Brasil; veja quais são

–> CNN Brasil terá streaming próprio e podcast

–> Entenda como a CNN Brasil quer driblar crise da TV paga

De toda forma, é sensato que a rede busque expandir sua atuação jornalística pelo país, assim como novas formas de ampliar receita e audiência.

Há claramente um cenário de adaptação para a rede, com base nos primeiros meses de operação.

Com informações de Notícias da TV (UOL) e NaTelinha (UOL)

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
DilRibeiro (em 🏡)

Ou seja, como já sabíamos, nada a ver com o formato da CNNi. Somente licenciaram o nome… se não fosse um puxadinho da record talvez tivesse se saído melhor.

Cidade - UF
SP-SP
Tailor Durante

Acho que em pouco tempo estas emissoras vão todas para o streaming.

Cidade - UF
Cascavel pr
josé martins

O grande problema da CNN e o viés de esquerda ou seja igual Globo Band globo News passa o dia todo falando mau do governo jornalismo covas enterro e vírus brasileiros já cansou destes abutres
Se fosse a Fox News estaria bombando

Cidade - UF
Minas gerais