InícioEconomia e NegóciosValor da Oi Móvel pode ser elevado

Valor da Oi Móvel pode ser elevado

Possibilidade de leilão deve elevar o valor pedido pela unidade móvel da operadora carioca.

Ilustração Oi
Imagem: Ilustração Oi (Divulgação Redes Sociais)

Qual operadora vai levar a melhor na disputa pelos ativos da Oi (OIBR3 / OIBR4)? A dupla TIM (TIMP3) e Vivo (VIVT3) ou a Claro? A concorrência promete agitar o setor de telecomunicações nos próximos meses e elevar as ações das marcas envolvidas, em plena pandemia do coronavírus, que derrubou bolsas de valores do mundo inteiro.

Em processo de recuperação judicial e recentes registros negativos do caixa, a transação pode ser imprescindível para a operadora carioca se reposicionar no mercado e garantir sobrevivência a longo prazo.


Sem a unidade móvel, os investimentos estarão concentrados na fibra óptica, cuja oferta oferece pacotes com telefonia fixa, TV por assinatura e banda larga de alta velocidade.

O valor da divisão móvel está estimado em R$ 15 bilhões, mas as sinergias existentes na fusão com os ativos dos possíveis compradores podem elevar o preço.

VIU ISSO?

–> Claro também fez oferta pela Oi Móvel

–> Anatel pode acelerar venda da Oi Móvel

–> Venda da Oi móvel atrapalharia a expansão do 4G no país, diz Anatel

Com o cenário atual, a possibilidade de um leilão também não é descartada. A Claro, por exemplo, apresentou sua proposta para o assessor financeiro da Oi e pode não concorrer com a Vivo e TIM.

Assim, a margem para um leilão estará aberta. Nos últimos meses, a operadora carioca também se desfez de uma série de ativos.

Entre os principais está a venda da Unitel, que movimentou cerca de US$ 1 bilhão para o caixa da prestadora. É um valor que garante um conforto a mais para a situação financeira da empresa.

Para equilíbrio do mercado, até mesmo analista do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) estimam que o correto seria a TIM ficar com 70% da operação e a Vivo com os 30% restantes.

Com informações de Tecmundo

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]

4 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários