Operadoras voltam a liderar ranking de reclamações

Em um único estado, foram cinco mil registros negativos contras as empresas de telecomunicações.

Ilustração - Pixabay
Imagem: Pixabay

Até quando? Em recente balanço do ano de 2019, o Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES) constatou que a telefonia móvel foi o segmento que liderou no número de reclamações registradas.

Foram mais de cinco mil queixas coletadas. A telefonia fixa surge na quinta posição e a TV por assinatura ficou com a nona. Entram também instituições financeiras, bancos, cartão de crédito e outros.


A análise surge logo após a divulgação do Procon de São Paulo, que também divulgou o segmento móvel como o mais reclamado de todos. No ranking, Vivo e Claro lideraram com as mais reclamadas.

No ES, as instituições financeiras ocupavam a primeira posição em 2018, mas conseguiram ser destronadas pelas operadoras de telecomunicações.

VIU ISSO?

–> Procon determina abertura de canais abertos na Claro TV

–> Procon-MS notifica operadoras por ignorarem bloqueio de ligações

–> Operadoras lideram ranking de reclamações do Procon de Goías

“Cobrança indevida, incluindo lançamentos de serviços não solicitados na fatura e a mudança unilateral nos contratos com reajuste no valor do serviço são as queixas dos consumidores quando se trata de telecomunicação”, comentou Rogério Athayde, diretor-presidente do Procon-ES.

Athayde orienta que os consumidores tenham total atenção ato de contratação. O contrato deve ser conferido, as dúvidas precisam ser esclarecidas e todos os valores precisam ser consultados.

Em caso de dúvidas ou valores não acordados na fatura, basta procurar o Procon da região e verificar as medidas cabíveis.

É necessário levar os documentos pessoais e quaisquer outros que possam comprovar a situação vivida com a empresa reclamada.

Os dados sobre quais foram as operadoras mais reclamadas não foram divulgados.

Com informações de ES Brasil

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários