Claro perde mais clientes no Rio e ganha mais em São Paulo

TIM encerrou 2019 desativando mais linhas no Nordeste e ativando mais no Sul/Sudeste; já a Oi caiu em 19 estados e subiu em 7. Consulte a sua região.

No primeiro domingo do mês (2) nós mostramos que a Claro foi a operadora que mais perdeu clientes no quatro trimestre de 2019 e está correndo um sério risco de perder a vice-liderança do mercado de telefonia celular para a concorrente TIM. O Minha Operadora foi mais a fundo nesses números e identificou outros detalhes interessantes.

Para começar, os dois estados mais ricos do Brasil – São Paulo e Rio de Janeiro – levantaram e derrubaram a Claro. Os dados mais recentes que temos (de novembro para dezembro de 2019) apontam que a operadora do mexicano Carlos Slim ganhou 579.619 linhas móveis em São Paulo e perdeu 474.276 acessos só no Rio de Janeiro.


Além de São Paulo, a Claro também ganhou assinantes no estado de Pernambuco (+26.069). No resto do Brasil, no entanto, os números foram todos negativos. Ceará (-207.369), Bahia (-175.699), Goiás (-165.067) e Minas Gerais (-144.224) acompanham o Rio de Janeiro no “TOP 5 debandada” da companhia.

Vivo

A Vivo também fechou o ano de 2019 ganhando mais clientes em São Paulo, o seu principal mercado. Foram 202.428 adições líquidas (isto é, cadastros subtraídos de cancelamentos). Minas Gerais (+63.123), Bahia (+24.023), Pará (+22.582) e Rio Grande do Sul (+10.356) completam o TOP 5.

Em 15 estados a Vivo ganhou clientes. Nos outros 11 e no DF, a operadora perdeu usuários.

A principal evacuação da Vivo aconteceu no estado de Goiás, que desligou 20.246 linhas da operadora. Os estados do Amazonas (-17.562), Paraíba (-14.056), Rio de Janeiro (-9.542) e Sergipe (-5.438) também tiveram um impacto negativo.

TIM

Vamos falar da TIM? A operadora não precisou crescer para ameaçar a Claro. Nos três últimos meses do ano passado, foram perdidos 80 mil clientes. Dando um ‘zoom’ no último mês do ano, vemos que o maior impacto negativo ocorreu no nordeste. No Ceará, 44.629 chips da TIM deixaram de ser usados; em Pernambuco, foram desligados 38.213 celulares e no Piauí o decréscimo foi de 16.013. Espírito Santo (-10.969) e Goiás (-7.868) foram estados de outras regiões em que a TIM também perdeu usuários.

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

Do lado positivo, a TIM subiu em número de clientes no Rio de Janeiro (+33.870), São Paulo (+30.343), Santa Catarina (+28.718), Bahia (+11.103) e Rio Grande do Sul (+8.734). Outros cinco estados também registraram desempenho positivo para a empresa italiana.

VIU ISSO?

–> Claro está a 41 mil linhas de perder a vice-liderança para a TIM

–> Vivo lidera acesso móvel em 13 estados brasileiros e em 33 DDDs

–> Fluke Operadora vai operar com tarifário semanal e 100% digital

Oi

Em dezembro, a Oi mais perdeu clientes do que ganhou. Captou clientes em sete estados e viu clientes ‘fugirem’ nos outros 19 e no Distrito Federal. A única operadora brasileira com atuação nacional cresceu no Paraná (+12.547), Amazonas (+6.987), Espírito Santo (+5.302), Santa Catarina (+4.081) e Rio Grande do Sul (+1.185).

Minas Gerais (-194.833), Bahia (-146.100), Ceará (-106.681), Rio de Janeiro (-98.901) e Pernambuco (-89.577) foram os cinco estados em que a tele mais perdeu clientes.

Nextel

A Nextel – que está em processo de venda para a Claro – perdeu usuários nos seus dois principais mercados. Em São Paulo foram -10.972 e no Rio de Janeiro -9.228.

MVNOs

No último mês do ano passado, as operadoras móveis virtuais (MVNOs), ganharam clientes em todas as unidades da federação. Os cinco estados com maior captação de usuários foram São Paulo (+140.978), Paraná (+55.111), Minas Gerais (+34.831), Santa Catarina (+25.292) e Bahia (+19.199).

Total no Brasil

Somando os números de todas as operadoras de telefonia móvel, apenas três estados do Brasil aumentaram o número de chips ativos. Estamos falando de São Paulo (+1.020.735), Paraná (+20.620) e Santa Catarina (+160).

Na outra ponta temos Rio de Janeiro (-541.871), Ceará (-342.010), Bahia (-267.499), Minas Gerais (-237.518) e Goiás (-206.825) como os estados que mais diminuíram o número de linhas de celular.

Com informações de Anatel e Teleco

About Vagner Santos
Entusiasta de Telecomunicações. Fundador do Minha Operadora, hoje um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecom do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
15 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários