InícioEconomia e NegóciosOi vai embolsar R$ 79 milhões com venda de prédio

Oi vai embolsar R$ 79 milhões com venda de prédio

Imóvel havia sido ofertado por R$ 82 milhões pela operadora, que aceitou a proposta com valor inferior.

Prédio histórico da Oi
Prédio da Oi vendido para a Udesc. Imagem: Divulgação Baguete

A Oi (OIBR3 / OIBR4) deve começar 2020 com R$ 79 milhões no caixa. O valor é referente a venda de um prédio, que foi para as mãos da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Só falta mesmo a validação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

De início, o valor da transação era de R$ 82,056 milhões. Foi então que a Instituição de Ensino contratou a avaliação de imóvel da Caixa Econômica Federal, que apresentou um valor mínimo estimado em R$ 84,6 milhões e máximo de R$ 96,4 milhões.


Com isso, foi feita a proposta de R$ 79 milhões, aceita pelo Conselho de Administração da Oi.

A venda de imóveis é parte do plano estratégico da operadora para reverter os efeitos negativos registrados pelo caixa nos últimos meses. A operadora já conta com um depósito de R$ 49 milhões feito em uma conta-garantia do Banco do Brasil.

Com a autorização judicial, o valor já deve ser liberado para a companhia. Em processo de recuperação judicial, será necessária a homologação em juízo.

VIU ISSO?

–> Combo da Oi oferece 200 mega de fibra e 200 GB de dados móveis

–> Oi vai emitir R$ 2,5 bi em debêntures da divisão móvel

–> Oi comunica o recebimento de R$ 670 milhões da Sistel

A aquisição foi assinada e aprovada em dezembro. O imóvel possui 11 mil metros quadrados e foi construído em uma área de 41 mil metros quadrados. É vizinho do Campus I da Udesc, em Florianópolis, no bairro de Itacorubi.

As próximas etapas do pagamento incluem quatro parcelas de R$ 7,5 milhões em quatro anos.

Outra investida da Oi nos últimos meses foi a emissão de R$ 2,5 bilhões em debêntures da divisão móvel.

O investimento será como um empréstimo. Nesse caso, quem investir assume o papel de credor e recebe juros fixos ou variáveis no final do período compactuado.

Com informações de Baguete

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários