Operadora deve disponibilizar faixa de 5G que só pega em dois aparelhos

Segundo o CEO da empresa, o 5G em 600 MHz pode atingir velocidades de até 450 Mbps em 2024, dez vezes mais rápido em comparação com o 4G.

Foto: T-Mobile

Nesta quinta-feira, 7, John Legere, CEO da americana T-Mobile, anunciou que a empresa lançará em 6 de dezembro uma rede nacional de 5G na faixa de espectro de 600 MHz. O lançamento é um dos maiores da operadora até o momento.

Há alguns meses, a T-Mobile tem implantando a sua rede de quinta geração em pequena escala, em algumas cidades dos Estados Unidos, utilizando a tecnologia mmWave, que possui conexão mais rápida, porém de curto alcance. A estratégia é parecida com o que tem sido feita pela concorrente Verizon.


Por mais que a rede da T-Mobile ainda não supere a velocidade da Verizon, a sua cobertura se mostra promissora. A disponibilização do espectro de 600 MHz ajudará a compensar as deficiências das redes mmWave, principalmente em locais que têm dificuldade de sinal, como edifícios, por exemplo.

Segundo o CEO da operadora, o 5G nacional em 600 MHz cobrirá 200 milhões de clientes (61% da população dos EUA) no momento do seu lançamento, podendo atingir velocidades de até 450 Mbps em 2024, velocidade 10 vezes superior ao 4G atual.

VIU ISSO?

–> Governo dos EUA autoriza fusão entre T-Mobile e Sprint

–> Nokia faz acordo de US$ 3,5 bilhões para fornecer 5G à T-Mobile

–> Leilões de 5G nos EUA movimentam US$ 2,7 bilhões

No entanto, a T-Mobile ainda terá que enfrentar a limitada oferta de aparelhos compatíveis com o espectro. Atualmente, apenas os telefones Samsung Galaxy Note 10 Plus 5G e o OnePlus 7T Pro 5G suportam a rede.

Embora a operadora tenha sido a última das quatro operadoras em todo o país a implantar a sua rede 5G, ela está tentando reverter esse cenário, ultrapassando a AT&T, a Verizon e a Sprint. Em parceria com a Nokia e a Ericsson a operadora já instalou 25 mil torres e antenas para disponibilizar sua rede nacional de 5G, investindo US$ 30 bilhões, em torno de R$ 125 bilhões.

A T-Mobile apenas aguarda a autorização da sua fusão com a Sprint para oferecer aos seus clientes todo o potencial do 5G. Ao combinar os esforços das duas operadoras, será possível fornecer uma rede 5G robusta operando no espectro de banda baixa, média e alta frequência.

Mapa de cobertura do 4G e 5G da T-Mobile nos Estados Unidos.

Com informações de The Verge.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de