Provedores regionais de internet deixam Oi, Vivo e Claro para trás

Confira os números que provam o sucesso das prestadoras de pequeno porte frente às maiores operadoras do Brasil.

Imagem: yip vick (Unsplash)

De acordo com um levantamento da Teleco, operadoras como a Claro, Vivo e Oi estão perdendo espaço de mercado para as prestadoras de pequeno porte. As empresas já oferecem preços competitivos e boas velocidades de banda larga os consumidores.

Os dados coletados são referentes a setembro de 2019. No fim de 2018, os provedores regionais estavam presentes em 3.140 municípios, já com a liderança. Agora, o número saltou para 3.509.

A maior concorrente é a Oi, que ainda se faz presente em 1.631 cidades. Em momento delicado, a empresa expande sua operação de fibra ótica para conseguir reverter os efeitos negativos do seu caixa.

Abaixo, os dados da Teleco:

  • Provedores de pequeno porte: 3.509 municípios
  • Oi: 1.631 municípios
  • Vivo: 323 municípios
  • Claro: 97 municípios

VIU ISSO?

–> Fibra ótica da Oi já está em 76 municípios

–> Claro aumenta investimentos em fibra ótica

–> Vivo Fibra chega em nova cidade do Nordeste

A Claro, apesar de ter a liderança nacional na TV por assinatura, ainda precisa caminhar para conquistar mais clientes de banda larga pelo país. A operadora também anunciou que vai expandir sua operação e levar a fibra ótica para mais regiões.

O crescimento veloz se deve a dificuldade das grandes empresas de telecomunicações em investir nas redes de fibra. A Oi, por exemplo, possui concessão em todos os estados, com exceção de São Paulo, mas segue limitada com a ADSL/VDSL.

Muitos provedores regionais já surgem com a tecnologia de fibra ótica e sem os tradicionais combos. Com isso, podem entregar mais velocidade e valores de interesse do consumidor.

A Oi já levou a rede de FTTH para 76 municípios e prevê um crescimento ainda maior para o fim de 2019. A Vivo também segue em expansão, a última cidade contemplada pela operadora foi Olinda, em Pernambuco.

Com informações de Tecnoblog

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
5 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários