5G bate recorde mundial de velocidade

Conectividade de quinta geração alcançou todo o seu potencial em Istambul; conheça a velocidade atingida.

Ilustração 5G
Mika Baumeister (Unsplash)

A cidade de Istambul, na Turquia, foi palco para um histórico teste do 5G, no qual a nova conexão móvel atingiu a surpreendente velocidade de 2,92 GB/s. O experimento foi realizado pela operadora Türk Telekom, com tecnologia da Huawei, principal fornecedora de infraestrutura para o implante da conectividade de quinta geração no mundo afora.

O smartphone escolhido foi o Huawei Mate 20 X, combinado com a rede de dados. Não é a primeira vez que a fabricante chinesa quebra recordes com sua tecnologia para o 5G. A companhia realiza testes em vários países, mas o experimento teve um diferencial.


Foi possível alcançar tamanha velocidade com apenas um aparelho. Os outros testes classificados como recordistas levaram em conta médias registradas em mais de um smartphone.

A velocidade de 2,92 GB/s equivale a aproximadamente 365 MB por segundo. É uma informação que pode contribuir para a aceleração do implante da tecnologia em vários países. Afinal, tamanha velocidade é uma grande demonstração de potencial.

VIU ISSO?

–> 5G também terá impactos no cinema e TV

–> 72% dos executivos querem 5G em 2020, diz pesquisa

–> Operadora deve disponibilizar faixa de 5G que só pega em dois aparelhos

Uma média como essa é suficiente para chamar a atenção da indústria e de várias regiões que aguardam pela conexão para promover uma verdadeira revolução tecnológica.

Para atingir tamanha velocidade, a Huawei e a Türk trabalharam com novas tecnologias para aumentar velocidade, largura de banda e cobertura do sinal.

No Brasil, o cenário para a chegada da conectividade de quinta geração ainda é de incerteza. O leilão inicialmente agendado para março de 2020 foi adiado para meados do ano que vem, por conta da interferência da rede no sinal da TV via satélite.

Há quem aposte que o evento possa até mesmo ficar para 2021, afinal, há muitas regras a serem alinhadas com o setor de telecomunicações.

Operadoras como TIM, Vivo e Oi já se manifestaram a respeito da adoção da tecnologia e disseram não ter pressa. A justificativa é que o segmento precisa de todas as regras bem definidas para que haja retorno de investimento para as teles.

Com informações do TechTudo

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

2
Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Claudio H
Colaborador

Deixa aumentar os usuários e pede para medir dentro de um carro em movimento… Depois publique a velocidade medida.

Cidade - UF
São paulo
Frank de Assis
Colaborador
Frank de Assis

quando o 4g saiu foi a mesma coisa. velocidades altas nos testes, mas na hora do povo utilizar só mandam o mínimo

Cidade - UF
Suzano -SP