Próxima apresentação de resultados da Oi pode trazer boas notícias

Uma nova apresentação da operadora está agendada para o dia 13 de novembro.

Divulgação Oi
Imagem: Divulgação Oi

Uma nota do colunista Lauro Jardim foi suficiente para deixar os espectadores do setor de telecomunicações com uma pulga atrás da orelha. O motivo? A atual situação financeira da Oi. Com uma apresentação de resultados agendada, tudo indica que a operadora pode ter boas notícias.

No próximo dia 13 de novembro, quarta-feira, a tele carioca vai divulgar seus resultados equivalente ao terceiro trimestre do ano e as apostas (que também podemos chamar de especulações) já começaram.

Se a companhia gastou R$ 400 milhões do caixa em agosto, o cenário apresentado em setembro foi de estabilidade, de acordo com o que foi divulgado. Em setembro, a operadora manteve os R$ 3,2 bilhões registrados no mês anterior.

A comprovação virá na próxima apresentação da marca.

Mesmo desmentido diversas vezes, as notas do jornalista Lauro Jardim sobre a Oi se provaram verdadeiras meses após a publicação original.

VIU ISSO?
Oi confirma busca de financiamento adicional de R$ 2,5 bilhões
Rodrigo Abreu pode ter sido confirmado como futuro presidente da Oi
Dona da Claro quer fazer acordo com a Oi

Foi ele, por exemplo, o primeiro a veicular que Rodrigo Abreu seria o substituto de Eurico Teles, fato já cogitado pelo próprio presidente da operadora. O aumento de capital também surgiu com exclusividade do blog.

Nos últimos meses, a companhia passou por um momento de total especulação sobre venda e fatiamento das operações. Todas elas tiveram efeitos significativos na bolsa de valores.

No entanto, a própria Oi não fomentou nenhum desses rumores e nunca confirmou essas intenções.

O anunciado, desde sempre, é o foco no plano estratégico que envolve a expansão da fibra ótica, aumento da base de clientes pós-pagos e outras ações como a venda de ativos não estratégicos para a operação.

Mas isso não significa que a infraestrutura da marca não desperta o interesse da concorrência. Executivos da América Móvil (dona da Claro), por exemplo, já manifestaram o interesse de fazer negócios com a operadora.

Com informação do jornal O Globo e Tele.Síntese

About Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
11 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários