Oi cobra dívida milionária de empresa do filho de Lula

Operadora teria financiado o negócio quando o petista era presidente.

Em meio às investigações da Lava a Jato, a Polícia Federal aprendeu ofícios extrajudiciais em que a Oi cobrava uma dívida de R$ 6,8 milhões da Gamecorp, empresa de Fábio Luís Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula. O empréstimo teria ocorrido entre 2006 e 2007 e até o momento a operadora não foi ressarcida.

A Oi cobrou a empresa em duas ocasiões, entre 2018 e 2019, sendo que o documento mais recente é de setembro do ano passado.


A Polícia Federal apura se o dinheiro repassado foi utilizado na compra do sítio de Atibaia, em São Paulo.

A relação entre a Oi e o filho de Lula é cheio de controvérsias. Entre 2004 e 2016, a Oi teria injetado R$ 82,8 milhões (em valores não atualizados) na Gamecorp e possuía 35% das ações da empresa.

Quando era presidente, Lula assinou um decreto que colocou fim a proibição de que uma empresa de telefonia fixa pudesse adquirir outra em uma área diferente. A medida beneficiou a Oi, na compra da Brasil Telecom. Por isso, existe a suspeita de que os recursos repassados tivessem sido propina.

VIU ISSO?

–> Lava Jato começa a investigar repasses do grupo Oi

–> Ex-executivo da Oi fará delação premiada

–> ‘Essa companhia é só pepino’, disse o presidente da Oi

A Gamecorp é responsável pelo canal pago PlayTV, que tem programação musical e de jogos. O empréstimo da Oi teria o objetivo de desenvolver as “operações financeiras” da empresa. Originalmente, os cinco empréstimos somavam R$ 1,65 milhão. O valor atual da dívida inclui juros e multa.

Os ofícios apreendidos também mostram o pedido da operadora em encerrar o contrato com a empresa, por ocasião do processo de recuperação judicial.

Procurada pelo Minha Operadora, a Oi emitiu o seguinte comunicado:

“A Oi reitera que não compactua com nenhuma irregularidade e não tem medido esforços para assegurar que quaisquer ações que eventualmente possam ter prejudicado a companhia sejam integralmente apuradas. No âmbito de investigações já concluídas ou em curso por diferentes autoridades, a companhia tem prestado todas as informações solicitadas de forma colaborativa. A Oi é a principal interessada no total esclarecimento de quaisquer situações que possam lhe ter gerado prejuízo.”

Com informações de Folha de São Paulo.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

2
DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, FAÇA LOGIN para comentar
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Tauan Fontoura
Colaborador
Tauan Fontoura

Mais uma falcatrua do nosso infeliz ex presidente.
É triste um criminoso desses não estar preso.

Cidade - UF
Porto Velho RO
Leonardo Ramos
Colaborador
Leonardo Ramos

A matéria fala em filho do Lula, não do ex presidente.

Cidade - UF
RJ