Celulares adiantam uma hora mesmo sem horário de verão

Operadoras atualizaram sistemas, mas usuários relatam que seus dispositivos foram atualizados automaticamente.

O horário de verão está extinto em 2019, mas centenas de pessoas utilizaram as redes sociais neste fim de semana para reclamar que o relógio dos seus smartphones adiantaram uma hora automaticamente.

O horário de verão no Brasil deveria começar na madrugada do último sábado (19) para domingo (20), com os relógios sendo adiantados, mas foi revogado pelo presidente Jair Bolsonaro, em abril.


Segundo o Sindicato Nacional das Operadoras de Telecomunicações (SindiTelebrasil), as operadoras fizeram a desprogramação de seus sistemas de acordo com o novo decreto presidencial.

No entanto, o problema era previsto em smartphones Android, tanto é que, na última sexta-feira (18), o Google publicou em seu blog oficial uma orientação para que os usuários alterassem a configuração de seus dispositivos.

VIU ISSO?
–> Operadoras mudam seus sistemas para o fim do horário de verão
–> Mega volta a ser liberado no Brasil
–> Futuro da internet no Brasil pode estar comprometido? Entenda

Nesses últimos dois anos, diante de diversas alterações no horário de verão brasileiro, o Banco de Dados Global da Autoridade para Atribuição de Números de Internet (IANA, na sigla em inglês) teve que fazer várias modificações em sua plataforma. Esse sistema garante a hora certa em smartphones e dispositivos eletrônicos.

Porém, caso os celulares não foram atualizados pelo fabricante, eles ainda podem estar configurados com as regras antigas e fazer a mudança do horário de forma automática.

Por isso, o Google recomendou que os usuários de aparelhos Android, procurem a configuração de “Data e Hora” do sistema, desative as opções “Data e hora automáticas” e “Fuso horário automático”, e ajustem o relógio manualmente até pelo menos 16 de fevereiro de 2020, quando seria o fim do horário de verão.

Para os smartphones que não foram impactados neste fim de semana, também existe a possibilidade do relógio mudar automaticamente em 3 de novembro, já que a regra do início do horário de verão tinha mudado em 2018.

Diante do problema, vários usuários reclamaram nas redes sociais.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

2
Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
2 Número de Comentários
0 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
2 Autores de comentários
nestor cerveroFabio D Almeida Alverca Autores recentes de comentários
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Fabio D Almeida Alverca
Visitante
Fabio D Almeida Alverca

A M da CLaro fez isso

Cidade - UF
Rio de Janeiro
nestor cervero
Visitante
nestor cervero

ano passado deu problema. ninguem multou ninguem corrigiu o problema. ta ai, só funciona na base da multa.

Cidade - UF
sao paulo