Venda da Oi começa a ser cogitada por acionistas

Operadora perdeu metade do seu valor de mercado em apenas nove dias.

Divulgação Oi
Imagem: Divulgação Oi

A venda de ativos não estratégicos parecia um plano sólido para a Oi, até o prejuízo da companhia aumentar e a receita diminuir. Com o agrave da situação, alguns dos principais acionistas da operadora, como os fundos de investimento do exterior, já começam a discutir a venda da companhia como um todo.

Em recuperação judicial desde 2016, a empresa já está em tratativa para a saída de seu presidente e de parte da sua diretoria. As fontes garantem que a discussão atual é para saber o momento ideal da venda.


Na atualidade, a Oi segue descapitalizada e se for vendida agora, poderá ser a qualquer preço. Na última segunda-feira, as ações da tele operaram no limite mínimo da bolsa. Os papéis não podem ficar abaixo de R$ 1 por mais 30 dias consecutivos.

Se o pior acontecer, a empresa terá que se enquadrar, independente da negociação de um papel no período, de acordo com o regulamento da bolsa. Se não houver o cumprimento, o papel é retirado do pregão.

VIU ISSO?
Acionista pede saída de CEO da Oi
Oi tem nova estratégia para fugir da falência
Ações da Oi operam no limite mínimo da bolsa

Além do timing, consultorias e acionistas discutem para entender como a Oi pode ser vendida: por completo ou em fatias. Na segunda opção, poderia ser a venda da operação móvel, que para o presidente da companhia não faz o menor sentido.

Na gestão da empresa, há ainda o período de transição. Eurico Teles, atual presidente e responsável pela recuperação judicial, tem sua saída preparada há meses. O nome mais cotado para substituição é Rodrigo Abreu.

Quinta-feira passada, os resultados da companhia foram divulgados e o saldo final foi negativo. Como consequência, as ações estão em queda desde a data e a empresa perdeu metade do seu valor de mercado em apenas nove dias. A queda de hoje fez com que as ações ficassem em R$ 0,73. É a menor cotação desde 2016.

O planejamento da transição de presidência vinha sendo feito com cautela. Entretanto, A GoldenTree, maior acionista da companhia, informou ao mercado americano que o Conselho de Administração deveria mudar o comando da tele. A iniciativa pode ter atropelado os planos da empresa quanto a isso.

As informações foram fornecidas por uma fonte anônima.

Com informações do Jornal O Globo.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

6
Deixe um comentário

avatar
4 Número de Comentários
2 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
6 Autores de comentários
leonardo ★ 🇮🇹Luiz Fernando S.R.CarlosRodrigo Teixeira DiasHELLITON SOARES MESQUITA Autores recentes de comentários
  Cadastre-se  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Bulukka
Visitante
Bulukka

Eu estava analisando como trocar a gestão da oi e na opinião é isso mesmo; vender tudo é o melhor caminho. Daí entra uma equipe nova, gente competente, daí o lucro virá. Enquanto isso o consumidor fica sofrendo. Ou melhor, alguns descobriram uma maneira de dividir as dores, con a empresa; derrubando o valor das ações na bolsa. Gostaria que um CIO da oi pudesse ler isso.

Cidade - UF
Goiás
HELLITON SOARES MESQUITA
Visitante
HELLITON SOARES MESQUITA

Vende a estrutura, não sei se será melhor. Mas não quero que minha internet fique em risco por causa de pessoas incompetentes.

Cidade - UF
Rondonópolis - MT
Rodrigo Teixeira Dias
Visitante
Rodrigo Teixeira Dias

Acho bom tu já ver alguma provedora da sua região, meu vizinho ainda está usando a Oi com internet de 15 megas e ele diz que não funciona direito. Falindo então, esquece.

Cidade - UF
Gravataí/RS
Carlos
Visitante
Carlos

Utilizar serviços da OI só em caso de falta de opção. A telefonia móvel tem pouca cobertura e a fixa não funciona a contento.

Cidade - UF
Ceará
Luiz Fernando S.R.
Colaborador

Vai vender a preço de banana, por pura falta de gestão, corrupção em contratos com terceiros, fraudes a rodo, etc., tinha que culminar como a pior operadora ainda na ativa, mas já na lona.
Tal como acontece com a saúde pública.
Quebrou depois de tanta corrupção e desvios. Uma pena.
O filho do LULA TA lá…então tá explicado. Kkkkkkkkkkkkkkk

Cidade - UF
CURITIBA
leonardo ★ 🇮🇹
Colaborador

A Oi era da família Jereissati, fruto da era FHC.

Cidade - UF
RJ