Iniciativa inovadora da Unifique concorre a prêmio na Anatel

Iniciativa da provedora de internet prevê problemas de conexão antes mesmo que o cliente tenha problemas com isso.

Técnico da Unifique
Imagem: Divulgação Unifique

Já imaginou se a sua provedora de internet identificasse problemas de conexão antes de você? Seria bem mais fácil de resolver, não é mesmo? Esse foi o ponto de partida da Unifique para criação da campanha “Qualidade do Sinal”.

Trata-se de uma prevenção para impedir que os clientes tenham transtornos. Com relatórios semanais, a empresa consegue acompanhar qualidade de sinal e faz contato com o cliente antes mesmo que ele perceba algum problema.


O projeto concorre ao prêmio Anatel de Práticas Inovadoras e teve boa recepção dos clientes, que se mostram surpresos com o contato da empresa.

VIU ISSO?
Unifique lança IPTV e aposta em novos serviços
Mercado aposta na migração de sistemas para data center como serviço
Globo, FOX, Disney e Turner são investigadas pelo Cade

“Estamos atentos e buscando sempre melhorar nossos métodos e processos para corrigi-los antes que os clientes percebam instabilidade. Ou seja, nos antecipamos à possíveis insatisfações, oferecendo ao cliente uma prevenção em seu serviço. É uma postura de absoluto compromisso”, disse a gerente de Relacionamento com o Cliente, Káthia Floriani.

A Unifique possui uma meta: ter 100% dos seus clientes dentro do padrão de sinal de qualidade. Em um resultado da Anatel, a provedora foi considerada como a melhor operadora de banda larga fixa de Santa Catarina e terceira do país.

A marca atende atualmente cerca de 116 municípios catarinenses. No plano de expansão, a companhia quer chegar em até um milhão de residências até 2025. Na atual oferta, a Unifique oferece TV por assinatura, telefonia digital, banda larga fixa e data center corporativo.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de