Dinheiro da Oi pode acabar em fevereiro

Reportagem do Estadão revelou que interrupção das operações da operadora por falta de caixa tem ‘probabilidade alta’.

Reportagem do jornal “O Estado de São Paulo”, publicada nesta sexta-feira (16), apontou que o diagnóstico da situação da Oi, apresentado nesta semana à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), indicou que o caixa da operadora chegou ao mínimo.

As projeções da operadora indicam que o dinheiro deve terminar em fevereiro de 2020 caso nada seja feito. Estima-se que tal cenário provocará um grande impacto no sistema de telecomunicações, pois mais de 3 mil municípios brasileiros são atendidos pela telefonia fixa da Oi.


Na apresentação estavam presentes 20 pessoas, entre eles integrantes da diretoria e o presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais. Foi indicada a preocupação de “assegurar a continuidade da prestação” e de que a União é “solidária na manutenção da continuidade” dos serviços.

Segundo o Estadão, alternativas já estão sendo estudadas e na próxima semana a diretoria da Oi deve ser chamada em Brasília para dar explicações sobre como pretendem manter as operações da empresa.

O Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) está acompanhando o assunto e também deve convidar o comando da Oi para apresentar dados à pasta.

VIU ISSO?
–> Novo plano estratégico da Oi destaca expansão da fibra ótica
–> Ações da Oi registram queda após resultados negativos
–> Anatel nega que Governo vá intervir na Oi no curto prazo

Mais cedo, em nota, o presidente da Anatel afirmou que não é verídico a “possibilidade iminente de decretação de intervenção ou de aplicação de caducidade às concessões de telefonia fixa do Grupo Oi S/A”, conforme divulgado na imprensa.

Em recuperação judicial desde 2016, o resultado negativo da operadora expõe a Anatel a riscos que precisam ser avaliados caso as próximas ações da Oi não deem resultado. Entre as consequências incluem interrupções sistêmicas dos serviços, comprometimento de outras redes além do uso de recursos do Tesouro Nacional para impedir um apagão na telefonia fixa.

Ao Estado, diretoria da Anatel afirmou que “reprova qualquer juízo fora do âmbito de deliberação formal do Conselho Diretor da Agência, bem como a divulgação indevida, seletiva e distorcida de dados e fatos”.

Procurada pelo Minha Operadora, a Oi disse que não vai comentar o assunto.

Agora há pouco, a Oi emitiu comunicado ao mercado reiterando a “confiança na solidez e coerência do Plano Estratégico” apresentado em 16 de julho deste ano.

A operadora afirmou que pretende manter o foco e cumprir “investimentos em fibra e a recuperação do posicionamento da Companhia em várias áreas chave, incluindo FTTH, B2B, atacado e a geração de valor estratégico com as operações móveis”.

Leia o posicionamento da Oi na íntegra:

COMUNICADO AO MERCADO


Oi S.A. – Em Recuperação Judicial (“Oi” ou “Companhia”), vem pelo presente divulgar a seguinte nota, conforme determinação expressa de seu Conselho de Adminstração:


“Na qualidade de Presidente do Conselho de Administração da Oi S.A. – Em Recuperação Judicial, e com anuência unanime dos membros do conselho da mesma, peço que como o Diretor de Relações com Investidores da companhia, arquive junto a CVM a seguinte nota do Conselho de Administração:


Em função das recentes notícias e especulações envolvendo a Companhia, o Conselho de Administração da OI S.A. vem a público esclarecer as seguintes informações referentes à execução do Plano Estratégico da Companhia:


1) Como divulgado em 16 de julho do corrente ano, a Companhia apresentou seu Plano Estratégico com diversas frentes de execução, envolvendo ações de curto, médio e longo prazo.


2) Dentre essas frentes se destacam o foco em investimentos em fibra e a recuperação do posicionamento da Companhia em várias áreas chave, incluindo FTTH, B2B, Atacado e a geração de valor estratégico com as Operações Móveis.


3) Foram destacadas também as ações de geração de liquidez, incluindo venda de ativos não estratégicos e um amplo programa de redução de custos através de ações de transformação estrutural da Companhia.


4) Como parte deste processo, a Diretoria e o Conselho de Administração da OI S.A. têm interagido em todas as esferas de acompanhamento do Plano Estratégico, incluindo a Anatel e o Juízo Recuperacional, a fim de dar total transparência a suas ações e planos para assegurar o futuro da Companhia, bem como têm tomado providências que visam garantir a execução do Plano Estratégico, com o apoio de todas as entidades necessárias.


5) Nesse sentido, é importante ressaltar, como já mencionado em nota da própria Anatel, que não existe nenhuma discussão diferente do acompanhamento já sendo realizado, e que não existe dissenso quanto ao foco na execução do PlanovEstratégico.


6) Como mencionado durante divulgação de resultados do último trimestre, a Companhia está particularmente focada na execução do plano de venda de ativos e geração de liquidez de curto prazo, os quais possam sustentar a execução de seu plano de investimentos, e está atuando em múltiplas frentes para implementar esse objetivo.


7) Adicionalmente, o Conselho de Administração entende que podem e devem ser analisadas diversas opções para garantir a sustentabilidade dos investimentos da companhia, e que está focado nessa análise, considerando amplas ações que passam não apenas pela venda de ativos não estratégicos, mas também pela potencial utilização de instrumentos de captação de dívida estruturada / garantida, aceleração das ações de redução de custos de curto prazo e pela modulação e adequação dos investimentos em Capex, com foco nas áreas prioritárias.


8) Reiteramos nossa confiança na solidez e coerência do Plano Estratégico apresentado e no direcionamento de todos os esforços da Companhia, com o apoio do Conselho de
Administração e dos demais stakeholders, para possibilitar o cumprimento de todas as ações previstas na execução do Plano Estratégico e de Transformação já devidamente apresentado ao mercado.”


Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2019.


Oi S.A. – Em Recuperação Judicial
Carlos Augusto Machado Pereira de Almeida Brandão
Diretor de Finanças e de Relações com Investidores

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

11
Deixe um comentário

avatar
6 Número de Comentários
5 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
10 Autores de comentários
Marcosigor ligerJoão Carlos Nunes VargasJeanfrancisco passos Autores recentes de comentários
  Cadastre-se  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
igor liger
Visitante
igor liger

se a oi falir e interromper os serviços a economia do brasil despenca de vez, eu e muitos só tenho a oi atendendo na localidade onde moro em salvador ba, uso muito a internet para trabalho.

Cidade - UF
salvador ba
Jefferson
Visitante
Jefferson

E a qualidade da internet, como é???

Cidade - UF
Rio de Janeiro-Rj
igor liger
Visitante
igor liger

aqui eu tenho 15mb da oi, é muito boa, não cai nem com chuva e eu jogo com 50 de ping

Cidade - UF
salvador ba
Marcos
Visitante
Marcos

Também sou cliente da Oi, 15mb, não tenho o que reclamar, em 2 anos, só me lembro de ter ficado sem internet 1 vez, e não foi porculpa da oi, um bêbado derrubou um poste na avenida que resido. Faço varios testes e minha Internet sempre está entre 14,90mb e 15,10mb, com ping entre 40 e 50. Assisto Netflix sem interrupções. Fora que já estão cabeando bem próximo daqui com o Oi fibra.

Cidade - UF
SALVADOR BAHIA
Carlos
Visitante
Carlos

No passado quando não tinha concorrência a Oi fazia o que queria com os clientes, hoje está nessa situação.

Cidade - UF
Ceará
Hrmp
Visitante
Hrmp

Pelo visto a OI será a próxima Operadora a ser vendida. Só não sabemos se será uma das outras 3 Gigantes operadoras do Brasil ou se voltarão os famosos Chineses. Desde antes de sair da Anatel o ex-presidente mudou as regras, se não me engano em 2018 de mínimo de 5 operadoras para o mínimo de 3 operadoras no Brasil. Podem ver que a Nextel já foi comprada pela Claro no 1* semestre de 2019. Conclusão de 5 já caiu para 4 e tudo está indicando cair para esse minimo de 3 operadoras. Nessa mudança de regra que ouve, teve… Leia mais »

Cidade - UF
Vitória ES
JOHN DEIVISON
Visitante
JOHN DEIVISON

Bom a Oi podia vendida para a TIM pois a VIVO já tem muitos clientes e e a melhor e a CLARO tem a maior velocidade da internet e já comprou a NEXTEL que a TIM estava de olho em comprar.

Cidade - UF
SÃO LUIS MA
Diego
Visitante
Diego

A Oi está condenada há muito tempo. Mais ainda depois que continuou a apresentar resultados negativos (coisa de bilhões) na Recuperação Judicial. Coisa óbvia de se analisar. Resta saber se alguma empresa se interessaria em comprar uma empresa nessa situação. Vejo eminente o risco de intervenção por parte do governo.

Cidade - UF
São Paulo
francisco passos
Visitante
francisco passos

vende logo pra AT&T. chega de vivo/tim/claro. precisamos empresa boa.

Cidade - UF
sapopema
Jean
Visitante
Jean

Só abrir para o capital estrangeiro a parte móvel da oi.

Cidade - UF
Marechal Cândido Rondon
João Carlos Nunes Vargas
Visitante
João Carlos Nunes Vargas

Botem na cabeça que nenhuma empresa vai te dar super estrutura sem ganhar dinheiro. Caridade leva à falência .

Cidade - UF
Gravataí/RS