Vivo Fibra tem nome alterado em várias cidades do país

Mudança é discreta, mas importante, pois evita que o termo “Vivo Fibra” sofra questionamentos futuros em órgãos de Defesa do Consumidor.

Se você não mora nas grandes cidades do Brasil, muito provavelmente deve ter percebido que o nome da banda larga Vivo Fibra mudou para “Vivo Internet +”. A operadora trocou o nome do produto nas regiões em que não há disponibilidade de velocidade maior que 25 Mega.

A mudança foi discreta. No site de vendas de internet fixa da Vivo o novo nome do plano aparece em cidades como Duque de Caxias (RJ), Paulista (PE), Contagem (MG), Camaçari (BA) e Pelotas (RS). O termo “Vivo Internet +” – ao invés de Vivo Fibra – realmente é mais apropriado para essas localidades e livra a Vivo de futuros questionamentos em órgãos de proteção e defesa do consumidor.


Isso porque esses são alguns poucos municípios de regiões enormes que a Vivo herdou a infraestrutura de banda larga da antiga GVT e não fez mais nenhum investimento de expansão de cobertura e para levar fibra até a casa do cliente (FTTH). Nessas regiões a Vivo também não consegue oferecer o serviço de TV por assinatura pela internet (IPTV).

VIU ISSO?
Quatro novas cidades recebem o serviço Vivo Fibra
Oi Fibra amplia vantagem em ranking de velocidade da Netflix
Plano TIM Beta tem nome alterado para TIM Jovem Pré

A Assessoria de Imprensa da Vivo confirmou ao Minha Operadora que Vivo Internet + “é o novo nome do plano”, mas a empresa não quis entrar em detalhes sobre a troca, como a lista de cidades que esse nome passou a ser utilizado e se muda alguma coisa de um produto para o outro, além da velocidade.

Nas principais capitais brasileiras e em alguns grandes municípios, onde a Vivo possui internet com mais de 100 Mega de velocidade, a marca Vivo Fibra segue sendo utilizada normalmente.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Vagner Santos
Entusiasta de Telecomunicações. Fundador do Minha Operadora, hoje um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecom do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
5 Comentários
mais votado
mais novo mais antigo
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Rodrigo

Esqueceu de dizer que aqui em SP capital 90% dos bairros a Vivo oferece ate 2MB vergonhosos, raros os locais que chegam 4, 8 ou 10MB, e só centro e bairro nobre, ou bairros com sorte do lado desses bairros, que conseguem contratar fibra, uma vergonha há décadas, a Vivo abandonou SP, e a Tim Live esta expandindo, só que lentamente, a NET e igual só bairro nobre tem internet, o resto só oferece TV, vergonha.

Tony

Procura por provedores regionais. Está sendo a melhor solução no momento.

Rodrigo

Infelizmente aqui na região não tem nenhuma, SP capital não e todo bairro que tem, são raros os lugares, mais tenho Tim Live 60MB, ta bom por enquanto.

Fred

Se alterou já deve ter levado um processo, operadoras adoram vender gato por lebre como a Claro que diz ter o 4G mais rápido e aqui em Goiânia até a Oi que está falida é melhor e a NET que mente ter serviços de fibra quando na verdade é cabo coaxial.

ALEXSANDRO ALMEIDA

Faz sentido, porém talvez seja uma estratégia para os testes de velocidade de internet que sempre são divulgados, se a vivo separar sua rede de fibra da menos veloz com nomes diferentes logo a tal Vivo Fibra aparecerá no ranking das internets mais rápidas, ela pode ter simplesmente desvinculado para poder estar a frente nas pesquisas, já que ela terá, pode-se dizer, dois produtos. Observem bem de daqui alguns meses no ranking de internet se o Vivo Fibra não estará separada do Vivo Internet +, e despontando com altas velocidades.