Vivo libera ligações no WhatsApp para planos controle

Antes, a operadora incluía apenas mensagens, vídeos e fotos sem descontar da franquia. Clientes controle já podem desfrutar das ligações pelo WhatsApp.

Sem alarde, a Vivo fez a inclusão das chamadas de voz via WhatsApp nos benefícios para clientes controle. A informação foi compartilhada por um seguidor do Minha Operadora nas redes sociais.

A estratégia parece acompanhar as concorrências da Claro e TIM, que também liberaram o recurso sem descontar da franquia de dados do consumidor.


Na corrida por fora, a Oi também disponibiliza o acesso ao aplicativo sem afetar o limite do cliente, mas ainda não incluiu as chamadas de voz na lista de benefícios.

VIU ISSO?
– Executivo da Vivo afirma: 5G necessita de antenas cinco vezes maior
– Vivo investe para deixar internet mais rápida antes mesmo da era 5G
– Nova campanha da Vivo destaca abrangência e 4.5G

Em janeiro, a Vivo divulgou também a liberação do WhatsApp sem desconto na franquia para clientes pré-pago. Entretanto, nos pacotes divulgados para compra no site, consta apenas que o benefício se limita ao envio de mensagens, vídeos e fotos.

Nos últimos meses, observa-se uma grande mobilização das operadoras para flexibilizar suas ofertas, conseguir concorrer com os aplicativos de mensagem e a universalização da internet, que pode tornar os consumidores menos dependentes das redes de celular.

Em um Wi-Fi público, por exemplo, todos podem se comunicar sem precisar ter o gasto de uma ligação normal.

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

Assim que o WhatsApp anunciou a chegada do recurso de ligações, as operadoras se movimentaram para o lançamento dos planos com ligações ilimitadas.

O movimento foi certeiro, pois de acordo com o Opinion Box, o número de chamadas de voz pelo WhatsApp caiu de 65% para 56% no ano passado. A inclusão do aplicativo de mensagens na lista de benefícios dos planos controle das operadoras pode ser atrativa para os consumidores que não querem dor de cabeça com o limite de dados.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
12 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários