Hoje é o Dia Mundial das Telecomunicações

Um mundo sem telecomunicações não teria graça. Conheça a história por trás da data comemorativa.




Certa vez o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton declarou que a informática e as telecomunicações serão para o século XXI o que as rodovias foram para o século XX.


Essa analogia define perfeitamente o simbolismo das telecomunicações, um conglomerado de tecnologias que, juntas, pavimentaram e continuarão pavimentando o progresso do mundo, seja por aspectos comerciais quanto sociais. E hoje, dia 17 de maio, é o momento exato  para enaltecer esse vasto universo telecom, que o Minha Operadora cobre há tantos anos, já que é comemorado o Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação.


O Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação foi criado pela União Internacional das Telecomunicações (UIT) em 1969. Podemos dizer que a escalada para a consolidação dessa data comemorativa surgiu muito antes, mais precisamente em 1865. Neste ano, foi criada em Paris a União Telegráfica Internacional, organização precursora da atual UIT.

A edição deste ano da data comemorativa é ainda mais significativa, já que marca seu quinquagésimo aniversário. A União Internacional das Telecomunicações é responsável por padronizar e regular os assuntos relativo ao uso das ondas de rádio e telecomunicações internacionais.


VIU ISSO?

A Proteste, organização brasileira de defesa do consumidor, se pronunciou sobre a data especialíssima: A telecomunicação permite o compartilhamento mundial de informações e a aproximação dos diferentes povos, concretizando, assim, o conceito de que vivemos numa aldeia global, em que todos os fatos estão à distância de um clique e em constante mutação.

No entanto, a entidade, mantendo seu estado vigilante em prol dos direitos do consumidor, relembrou o polêmico assunto da franquia de dados na internet fixa, que pode acabar sendo aplicada no Brasil, um assunto que vem se arrastando desde 2016. “Atualmente, o corte da internet fixa encontra-se suspenso por uma cautelar da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mas a agência ainda está avaliando a conveniência e oportunidade da medida”.

Em sua “Agenda do Consumidor”, com pautas a serem tratadas pelos governantes entre 2019 e 2022, a PROTESTE defende o PL 7.182/2017 (originalmente, PLS 174/2016) tem o objetivo de acabar com as limitações da franquia e, atualmente, está sob análise da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) da Câmara dos Deputados, aguardando o parecer do relator.

A Proteste e a Consumare (Organização Internacional de Associações de Consumidores de Língua Portuguesa) acreditam que os consumidores são, frequentemente, confrontados com falta de informação e transparência na prestação deste serviço. Ambas as Associações esperam que as entidades reguladoras estabeleçam uma agenda de diálogo com as associações de defesa do consumidor e penalizem as operadoras pela venda de serviços sem a devida qualidade.

About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*