Globo deixa operadoras de lado e lança Telecine e Premiere avulsos

Consumidores agora podem assinar os canais diretamente pela internet, sem precisar contratar TV paga.



Os consumidores poderão contratar diretamente o Telecine e o Premiere, sem necessidade de contratar um plano de TV paga. Isso porque o Grupo Globo lançou os serviços de streaming dos canais que possibilitam assinatura direta. 


O pagamento dos streamings é feito por meio da nova plataforma integrada de “billing” (cobrança) do Grupo Globo, que começou a funcionar no início do mês, segundo a Folha de S. Paulo. 


O Telecine é uma associação da Globo com estúdios Disney, Fox e Universal, entre outros, e apresenta filmes produzidos por eles. O Premiere transmite jogos de futebol do Campeonato Brasileiro e dos estaduais, entre outros.

A mensalidade do Telecine Play sai por R$ 37,90, a do Premiere, por R$ 79,90, e a da Globoplay, por R$ 24,90. As assinaturas devem ser feitas nos sites de cada um dos serviços.

O consumidor que assinar o serviço poderá acessá-lo através de dispositivos conectados à internet, como televisores, computadores e outros aparelhos compatíveis com o serviço.

Algumas operadoras chegaram a questionar a mudança, que não se restringe aos serviços ligados à Globo – canais como Vejo Fox e NFL também estão oferecendo contratação direta pela internet.


VIU ISSO?


A empresas de telefonia destacam que a venda avulsa desses canais não está prevista por lei.

No entanto, a Globoplay ressalta que o objetivo não é canibalizar as operadoras, mas atuar em conjunto, já que todos os serviços também estão disponíveis para serem vendidos via operadora. 

A Globoplay também vem adquirindo séries estrangeiras em ritmo acelerado e espera saltar das atuais 16 para perto de cem até o final do ano que vem, quando alcançaria um catálogo proporcional àquele da Netflix, líder em streaming no Brasil. 

Na semana passada, o grupo confirmou que três novas séries entrarão em seu catálogo em 2019. São elas: “The Handmaid’s Tale”, “The Big Bang Theory” e “Young Sheldon”. 

Segundo o presidente-executivo da Globoplay, João Mesquita, a diferença frente às concorrentes é que a Globo “vai sempre manter essa vertente de brasilidade”, inclusive na seleção das produções no exterior. 

“O nosso objetivo é ter conteúdo nacional e internacional, mas que seja para brasileiros”, diz.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
14 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários