Globo deixa operadoras de lado e lança Telecine e Premiere avulsos

Consumidores agora podem assinar os canais diretamente pela internet, sem precisar contratar TV paga.



Os consumidores poderão contratar diretamente o Telecine e o Premiere, sem necessidade de contratar um plano de TV paga. Isso porque o Grupo Globo lançou os serviços de streaming dos canais que possibilitam assinatura direta. 


O pagamento dos streamings é feito por meio da nova plataforma integrada de “billing” (cobrança) do Grupo Globo, que começou a funcionar no início do mês, segundo a Folha de S. Paulo. 



O Telecine é uma associação da Globo com estúdios Disney, Fox e Universal, entre outros, e apresenta filmes produzidos por eles. O Premiere transmite jogos de futebol do Campeonato Brasileiro e dos estaduais, entre outros.

A mensalidade do Telecine Play sai por R$ 37,90, a do Premiere, por R$ 79,90, e a da Globoplay, por R$ 24,90. As assinaturas devem ser feitas nos sites de cada um dos serviços.

O consumidor que assinar o serviço poderá acessá-lo através de dispositivos conectados à internet, como televisores, computadores e outros aparelhos compatíveis com o serviço.

Algumas operadoras chegaram a questionar a mudança, que não se restringe aos serviços ligados à Globo – canais como Vejo Fox e NFL também estão oferecendo contratação direta pela internet.


VIU ISSO?


A empresas de telefonia destacam que a venda avulsa desses canais não está prevista por lei.

No entanto, a Globoplay ressalta que o objetivo não é canibalizar as operadoras, mas atuar em conjunto, já que todos os serviços também estão disponíveis para serem vendidos via operadora. 

A Globoplay também vem adquirindo séries estrangeiras em ritmo acelerado e espera saltar das atuais 16 para perto de cem até o final do ano que vem, quando alcançaria um catálogo proporcional àquele da Netflix, líder em streaming no Brasil. 

Na semana passada, o grupo confirmou que três novas séries entrarão em seu catálogo em 2019. São elas: “The Handmaid’s Tale”, “The Big Bang Theory” e “Young Sheldon”. 

Segundo o presidente-executivo da Globoplay, João Mesquita, a diferença frente às concorrentes é que a Globo “vai sempre manter essa vertente de brasilidade”, inclusive na seleção das produções no exterior. 

“O nosso objetivo é ter conteúdo nacional e internacional, mas que seja para brasileiros”, diz.

14
Deixe um comentário

avatar
12 Número de Comentários
2 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
0 Autores de comentários
Gerson BurglassLázaro TananRodrigoUnknownFabio Pereira Autores recentes de comentários
  Cadastre-se  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Jean Pierre Menezes Martinez
Visitante

O modelo da TV aberta está esgotado. Todos rumando para o streaming….

Ciro Ramon
Visitante

Exato, e não existe coisa melhor. Vc escolhe o quê, quando e onde assistir.

Luciano F. da Silva
Visitante

Aqui não tem internet, aí fica difícil…

Hulk brasileiro
Visitante

Muito bom essa iniciativa . Pagar o que ser quer . TV paga se encontra na UTI .

Fabio Vargas
Visitante

Maravilha …só ainda acho o valor alto…mas está indo no caminho certo….as tv via satélites vao chegar uma hora que vão ter que fazer o mesmo…criar planos onde o cliente escolhe o que quer assistir…se nao fizerem isso vão morrer na praia…até pq todos os grandes canais já partiram para o Streaming.

João Melo
Visitante

Assinante da NET/CLARO paga R$ 40,00 pelo pacote TELECINE. Questionada a operadora disse ser essa a política de preços deles. A diferença é pequena, mas tem alguma coisa errada ai, tal oquei!!

Bruno Vergne
Visitante

O preço tinha que baixar pois pela internet a qualidade não é igual que a tv as vezes trava principalmente em mal tempo!

Henrique Lima
Visitante

Agora o que adiar ter, se a internet no Brasil é uma merda. Se for ativar cada plano vai sair mas caro que a tv paga, porque o telecine,hbo etc. Cada um tem seu preco.

Fabio Pereira
Visitante

Seria muito interessante alguma operadora vender apenas os canais que interressam ao cliente em uma plataforma estilo netflix e nao cada uma disponibilizar seu app…

Unknown
Visitante

Piada!! Esses pacotes pela operadora são mais baratos – exceto a Globoplay- Esse grupp sempre quer levar vantagem em tudo e acha que o brasileiro cai nessa.

Unknown
Visitante

Falou universal lixxxxxxxxxxxxxxo lixxxxxxxxxxxxxxo dá internet lixxxxxxxxxxxxxxo dá internet lixxxxxxxxxxxxxxo dá internet lixxxxxxxxxxxxxxo dá internet

Rodrigo
Visitante

A globo esta certíssima, e o começo do fim da TV aberta e paga, o futuro e o streaming, e pacotes que apenas interessam, a quem vai aderir, de acordo com o seu gosto, a record ta seguindo o mesmo caminho.

Lázaro Tanan
Visitante

Tudo uma maravilha o que está acontecendo, como até já comentei antes aqui, é por este caminho mesmo, e acho que a globo foi até corajosa está de parabéns, é necessario causar para que se haja mudanças que precisam acontecer. Porém não acho o preço lá essas coisas. Se uma pessoa que goste de tudo um pouco, queira filmes da Warner, entretenimento, documentários… acaba ficando muito mais caro! Ao invés da merreca que eu pagaria para mais de 200 canais em um acordo com minha operadora que faz valores fora de mercado

Gerson Burglass
Visitante

Excelente, porém as provedoras de internet acenam com a possibilidade de limitação de gb de consumo.