BR Towers pede o cancelamento do registro de companhia aberta

Comissão de Valores Mobiliários irá analisar e poderá deferir ou não o pedido.


A BR Towers, empresa de infraestrutura pertencente à American Tower, pediu o cancelamento do registro de companhia aberta como emissor de valores mobiliários na categoria B. 


Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no início do mês, a empresa informou que a decisão foi tomada pelos acionistas que representam a totalidade do capital social da companhia.



Em reunião em Assembleia Geral extraordinária no dia 22 de novembro, o grupo decidiu aprovar o cancelamento do registro junto à CVM, que agora deverá analisar e deferir (ou não) o pedido. 
A BR Towers foi adquirida pela American Tower no final de 2014 – considerando torres da Oi e da Vivo, obteve um total de mais de 4 mil torres. 

Recentemente, a controladora anunciou investimentos em infraestrutura de Internet das Coisas.

Em agosto, a American Tower arrematou o lote 1 de ativos da Cemig Telecom por R$ 571 milhões. O lote 1 corresponde aos ativos de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. 

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*