segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Telefônica, dona da Vivo, pretende incorporar TDATA

O que você achou? 
Estudo está sendo realizado para avaliar benefícios e desvantagens da fusão da empresa com sua subsidiária.

A Telefônica Brasil S.A., dona da Vivo, pretende incorporar a sua subsidiária Telefônica Data S.A. (TDATA). Para isso, está realizando estudos que irão considerar a necessária simplificação da estrutura societária e a concentração da prestação de serviços na companhia.

A TDATA é controladora da Terra Networks Brasil (dona do portal Terra) e da Telefônica Transporte Logística (TGLOG). 

Em comunicado enviado à imprensa nesta segunda-feira (10), a empresa explicou que a possível incorporação “não deverá afetar a estrutura acionária da companhia nem deverá acarretar aumento de seu capital ou emissão de novas ações, dado que o patrimônio da subsidiária já está refletido no da empresa.”

Na semana passada, a operadora informou que irá liberar R$ 2,3 bilhões em juros sobre capital próprio a acionistas da empresa. 

O valor é referente apenas ao lucro líquido do grupo no primeiro semestre deste ano.

A Telefônica explicou que a possibilidade da fusão faz parte de “um processo contínuo de simplificação e promoção de um ambiente de convergência no relacionamento da companhia com seus clientes.”

No entanto, deixou claro que nenhuma decisão foi tomada ainda. Após a finalização dos estudos, o material será apresentado ao Conselho de Administração, o qual irá decidir sobre a fusão.

Veja a estrutura atual das sociedades envolvidas e como ela irá ficar caso a fusão seja aprovada:





3 comentários:

  1. Eu já desconfiava de a telefônica tinha algum vínculo com o terra, naquela época que ainda não havia comprado a Vivo, agora e fato, por isso usava como provedor, mais pra sacanear deixo de prestar o serviço gratuito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. claro que teve, alias já só fazer rastreamento de rota do terra que é visível que o atual data center do terra é alimentado pela telefônica, a questão de ter os serviços de provedor gratuito encerrado, foi devido a problemas com a anatel e por o terra ter virado uma empresa igual o Ig,yahoo,uol entre outros.

      Excluir