sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Vice-presidente de operações deve deixar TIM em setembro

O que você achou? 
Medida cria especulação de que diretor da Telecom Italia esteja buscando aliados de longa data para cargos de confiança.

Como parte de uma reestruturação na administração da TIM, o vice-presidente de operações, Pietro Labriola, deverá deixar a companhia nos próximos meses, segundo informações da agência de notícias Reuters.

Representantes da TIM não comentaram o assunto. Segundo a Reuters, Labriola deve deixar a empresa em setembro.



Há alguns meses, a operadora vem realizando trocas em sua gestão. Em março, Mario Cesar Pereira de Araujo renunciou ao cargo de presidente do Conselho Administrativo, sendo substituído por João Cox Neto.

A medida criou especulação na TIM de que Genish, que assumiu o comando da Telecom Italia em setembro passado, está buscando instalar aliados de longa data que compartilham sua visão sobre os rumos da subsidiária.

Uma das estratégias do diretor inclui uma agressiva expansão de serviços de fibra óptica e disciplina austera de custos.

LEIA TAMBÉM:


No mês passado, a empresa substituiu o presidente-executivo Stefano de Angelis por Sami Foguel.

Com a saída de Labriola, Genish pode ter outra oportunidade de trazer mais um nome de sua confiança para a TIM.

Analistas, em geral, têm aprovado a postura de Genish sobre as operações do grupo no Brasil. 

Entretanto, a saída de um vice-presidente de operações pouco depois da troca de um presidente-executivo, um presidente de conselho e outros membros pode criar preocupações sobre a suavidade da transição.

Mas especialistas acreditam que os investidores provavelmente vão ter uma posição favorável sobre Genish ter um papel na escolha de um novo vice-presidente de operações, o que deve minimizar o impacto da saída de Labriola.



4 comentários:

  1. Se essa expansão da fibra óptica estiver incluso SP capital em bairros mais periféricos fico feliz, a Tim Live ta investindo e diversos bairros da ZL onde a Vivo só entrega o lixo de 2MB, tem que crescer cada vez mais pra competir com a NET e a Vivo diretamente, quem sabe elas acordam.

    ResponderExcluir
  2. Tem que investir mesmo em Fibra urgente! A Claro tem o 4G e a NET a internet fixa mais rápidas não é por acaso!!! Já vi que a próxima cidade a ter LIVE TIM será Goiânia... já ouvi comercial de rádio apresentando a oferta e no site da Live Tim já aparece a opção GO. Fico feliz!

    ResponderExcluir
  3. Amos Genish foi o fundador da GVT, sucesso absoluto na telefonia fixa. Sem dúvida, está inserindo este DNA na Tim a fim de torná-la rentável. Quantidades de clientes para ele não importa tanto assim, mas sim, a qualidade dos seus clientes. A Tim mesmo despejando clientes está lucrando, enquanto a Nextel ganhando clientes está indo à pique. Genish é frio e sabe o que faz. Com ele na gestão, a Tim está cada vez mais se aproximando não da Vivo, mas do modo GVT de ser. E que modo é esse? Rentabilidade e lucro, não preços. Ele vai fazer a Tim ter sinal a qualquer custo, mas linha que não recarrega estará fora da sua rede. Genish nunca gostou de pobre, tanto que a GVT nunca teve planinhos populares. Quem viver verá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade amigo, esse cidadão so visa lucro, pobre que se lixe

      Excluir

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.