terça-feira, 3 de julho de 2018

Hotel pediu R$ 44 mil de indenização à Oi por falha na Copa de 2014

O que você achou? 
Somente agora, na Copa de 2018, Justiça determina que a Oi pague por danos morais e pelas diárias perdidas do hotel, que ficou sem internet e telefone.

O último dia 14 de junho marcou o início da Copa do Mundo de 2018, mas também a data em que a Oi foi condenada a pagar uma indenização por conta de uma falha que ocorreu há quatro anos atrás, na Copa de 2014, que aconteceu no Brasil.

Foi um hotel do Rio Grande do Sul que denunciou a operadora pelas falhas de internet e nas linhas telefônicas, que ocorreram no dia de maior concentração de hóspedes, na prévia da partida da Seleção Argentina, que jogou justamente no estádio do Beira-Rio (RS).





O hotel entrou com a ação alegando que as máquinas de cartão pararam de funcionar e que o estabelecimento perdeu vários clientes devido à falta de internet, que seria culpa da Oi. A empresa, por sua vez, se defendeu argumentando que a falha no serviço poderia vir de problemas na rede interna do hotel.

LEIA TAMBÉM:

Para a 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do RS, a Oi não apresentou nenhuma prova que comprovasse isso ou fosse contra a ação, e por isso condenou a operadora a pagar R$ 8,5 mil por danos morais.

O hotel ainda pediu indenização por danos materiais no valor de R$ 44 mil, que seria justificado da seguinte forma: R$ 250 por eletricista próprio, que foi checar os problemas na rede; R$ 1.745 por diárias perdidas pela ausência de pagamento; R$ 3.490 pela perda por falta de internet e telefone; e R$ 38.739 pela perda que teria acontecido pela ausência de comunicação durante dois dias, que, segundo o hotel, eram decisivos para atrair turistas que chegariam para o jogo que aconteceria no estado.

Mas a Justiça, agora, exigiu que a Oi pague apenas mais R$ 3.490, que seria equivalente às diárias que o hotel deixou de ganhar pela falta de internet.

Foram cinco clientes argentinos que, comprovadamente, deixaram o hotel pela falta de internet. Quanto ao restante do valor, de acordo com a decisão, a juíza entendeu que não dá para culpar exclusivamente a Oi pela falta de clientes no hotel. A operadora terá que pagar, portanto, um total de R$ 11.990.


Um comentário:

  1. a OI sempre alega que a culpa é na casa do cliente, nunca é na central deles, nunca é por vender muito alem da capacidade deles. Voce contrata 15MB, paga por 15MB e só atinge 15MB de madrugada quando a maioria esta dormindo, dai sobra banda, mas no horario de pico, nao fornecem alem de 2MB.

    ResponderExcluir