quinta-feira, 26 de julho de 2018

Acesso à internet no campo cresce 1.790% em 11 anos

O que você achou? 
IBGE divulgou nesta quinta-feira (26) resultados preliminares do Censo Agro 2017, que deverá ser finalizado em junho de 2019.


O acesso à internet no campo disparou 1.790% em 11 anos: passou de 75 mil, em 2006, para 1,4 milhão, em 2017. Desses, 659 mil (46,2%) acessos são realizados por meio de banda larga e 909 mil (63,77%), via internet móvel.

Os dados fazem parte dos resultados preliminares do Censo Agro 2017, divulgados nesta quinta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Um estudo realizado recentemente pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) mostrou que a região rural é um grande gargalo do acesso à internet.

Na área urbana, o porcentual é de 65% de acesso, quase que o dobro da área rural com 34%.

Conforme a pesquisa, o acesso ao telefone também cresceu. A presença do aparelho nos estabelecimentos subiu de 1,2 milhão para 3,1 milhões entre 2006 e 2017, um crescimento de 158%.

A divulgação do resultado final do Censo está prevista para junho de 2019. O IBGE pondera que alguns dados podem mudar. 

Há, ainda, 7.795 estabelecimentos nos quais os questionários ainda não haviam sido coletados.

Desses, 6.582 por recusas de informações por parte do produtor e 1.213 referentes a empresas ou grandes produtores. Outros 3 mil questionários estão passando por processo de validação.

LEIA TAMBÉM:


A área ocupada por estabelecimentos agropecuários cresceu, entre 2006 e 2017, em 16,5 milhões de hectares – valor que equivale ao território do estado do Acre. O número representa um aumento de 5% em relação ao Censo anterior, de 2006

Essas propriedades ocupam 350 milhões de hectares, ou 41% da área do Brasil. 

Ainda assim, houve a redução de 2% no número de propriedades, que passaram de 5,17 milhões para 5,07 milhões de unidades.

Já o número total de trabalhadores em propriedades rurais caiu em 1,5 milhão.



Um comentário:

  1. Agora o site minha operadora colocou uma merda de áudio que é impossível de ser desativado.
    Peço que o site minha operadora coloque um meio de desativar esse áudio, pois eu não sou deficiente visual e toda vez que rolo o site para baixo a merda do áudio toca sem nenhuma opção de desativar o mesmo.

    ResponderExcluir

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.