terça-feira, 15 de maio de 2018

Operadoras podem dar prioridade de sinal a clientes pós-pago?

O que você achou? 
Clientes do pré-pago dizem receber sinal, rede de dados e atendimento inferiores; Anatel fala sobre o tema.


As operadoras não confirmam a informação, mas muitos clientes sentem que elas podem estar dando prioridade aos clientes pós-pago, em relação aos pré-pagos. Eles pagam mais, portanto também recebem, na teoria, melhor qualidade de sinal, rede de dados, velocidade ou até mesmo atendimento superior. Mas afinal, isso é permitido?

Ao Minha Operadora, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) falou sobre o assunto. Baseada no Decreto nº 8.771, de 11 de maio de 2016, afirmou que não há nenhuma norma que autorize essa discriminação entre os usuários de serviço móvel a partir da modalidade de pagamento.



O decreto fala justamente das hipóteses admitidas de discriminação de pacotes e de degradação de tráfego. “O inciso III do art. 3º do Regulamento Geral de direitos do Consumidor (RGC) estabelece o direito do consumidor de telecomunicações ao tratamento não discriminatório quanto às condições de acesso e fruição do serviço”, disse a Anatel em nota.

A agência recomendou que o consumidor, nesses casos, faça uma reclamação diretamente com a operadora. Caso ela não resolva o problema ou não o trate adequadamente, pode contatar a Anatel pelo “Fale Conosco” de seu site, pelo aplicativo “Anatel Consumidor”, ou pela central de atendimento gratuita, no número 1331 ou 1332 para deficientes auditivos.

LEIA TAMBÉM:

Se pararmos para analisar, não faria sentido as operadoras “esnobarem” os clientes pré-pagos dessa forma. Apesar do foco ser a conversão para o controle e, principalmente, para a base no pós, o cliente geralmente começará pelo plano mais barato para testar o sinal. Ou seja, o pré.

E se a qualidade for ruim? Bem, então a chance de continuar na operadora é baixa. Afinal, poderá optar por uma portabilidade numérica e migrar para a concorrente sem nenhum custo, o que seria uma desvantagem em sua base de clientes.

No site da Anatel, os usuários também podem encontrar mais informações sobre as regras que buscam proteger o consumidor de telecomunicações.


17 comentários:

  1. Eu senti isso na Vivo. Quando era pós pago, me atendiam bem rápido. Agora que migrei para controle, fico aguardando, no mínimo, uns 20 minutos. Quanto ao sinal, não senti diferença.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando era cliente vivo pré o atendimento era precário, demorado e as vezes nem conseguia atendimento. Ao migrar para o pós percebi a diferença no atendimento qual é rápido, ágil, operadores dispostos a ajudar e se a ligaçao eles retornam em seguida coisa que não acontecia no pré.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Fiz uma reclamação junto com a vivo sobre a cobertura da minha cidade, o atendente simplesmente disse que a vivo só poderia melhorar a cobertura por questões capitalista ou seja só melhoram se tiver um grande retorno financeiro, essas operadoras não ligam pro consumidor

    ResponderExcluir
  4. Tive um chip da oi pós pago que nunca tive problema com o sinal,foi só passar para pré pago que senti o sinal ficar piorar,muitos lugares a internet fica em G ou E,mais quando era pós pago no máximo ficava H+ Boa parte do tempo 4G.

    ResponderExcluir
  5. Sou cliente Claro Pre...e tenho bom atendimento, sinal onde vou e internet sem problemas...na Claro acho que esse tipo de coisa exista...ja na Vivo ai sim...Vivo mercenaria.

    ResponderExcluir
  6. Sobre atendimento é nítida a distinção, já o sinal não há como diferenciar pré de pos

    ResponderExcluir
  7. Existe sim diferença entre pré e pós a Ilha de um pós é totalmente diferente da ilha de um pré! No entanto os atendentes da ilha do pós são mais treinados e selecionados, e na ilha do pré é colocado qualquer pessoa para atender, sei disso porque tenho amigos que trabalham na vivo e internamente eles dizem que no pré é considerado (povao), por esse motivo é colocado qualquer pessoa com o mínimo de atendimento para atender! com certeza isso sempre existiu!!!

    ResponderExcluir
  8. É só fazer um teste:liga de um celular pré e veja como é a voz, cultura e educação do atendente, depois liga do celular pós, voce sentirá a diferença....(faça o teste!)

    ResponderExcluir
  9. Seria a mesma coisa de você entrar em um hospital público e depois entrar em um hospital particular! (Acho que nao preciso dizer mais nada) Infelizmente é assim que funciona! Ésse é nosso pais, isso me entristece muito!

    ResponderExcluir
  10. Sim, me trataram muito mal quando reclamei sobre o sinal do 3G da Claro na minha localidade.
    Um cliente pós-pago que é meu amigo reclamou e foi muito melhor atendido.

    ResponderExcluir
  11. Com certeza tem diferenças de atendimento entre pré e pós..a começar nas lojas..o cliente pré é tratado como lixo nas lojas das operadoras..Já senti isso na pele uma vez!

    ResponderExcluir
  12. Essa Anatel é uma porcaria . É pra ela entrar com uma audiência nas operadoras. É um órgão inútil . Mediante tantas queixas ela era pra se posicionar contras essas atrocidades das operadora .

    ResponderExcluir
  13. Dizem que a velocidade do timbeta 20GB no pré é diferente de uma velocidade 20GB no pós da Tim.

    ResponderExcluir
  14. Já fui cliente das quatro operadoras e SIM existe diferença tanto na questão do serviço prestado quanto no atendimento e isso é extremamente visível com a vivo.

    ResponderExcluir
  15. Tem que ser muito leigo pra não saber que tratam diferente clientes pós e pré, ate porque no pós, tem celulares que saem quase de graça.

    ResponderExcluir