quarta-feira, 2 de maio de 2018

Mãe de Gabriel Jesus emociona em mais um comercial da Vivo

O que você achou? 
Em homenagem ao Dia das Mães, "Ai Jesus" aparece como o novo vídeo da operadora Vivo, patrocinadora da Seleção desde 2005.

Logo depois de divulgar o comercial “Meu Jeito”, estrelando o jogador Gabriel Jesus e sua mãe, a Dona Vera, a Vivo lançou, nesta terça-feira (1), um novo vídeo em homenagem ao Dia das Mães. 

Intitulado “Ai Jesus”, o comercial já diz tudo. Enquanto o vídeo da semana passada tinha um toque mais engraçado para contar a história do atacante da Seleção Brasileira e como dava um jeitinho para falar com sua mãe, o desta semana foi feito para emocionar. Veja:







O primeiro da campanha tinha o jogador como narrador, mas desta vez é uma atriz que, apenas com duas palavras, participa da história contada pela Vivo.

Mais uma vez mostrando o crescimento do jogador, com vários cenários e tons diferentes, a expressão “Ai Jesus” é a única dita em todo o comercial. Que mostra sendo dita de um jeito quando estava na barriga, de outro ao ver a bagunça no quarto, outro ao ficar brava, ao ver uma camisa ser desenhada pelo filho com o número que o tornaria um craque, ao cuidar de um machucado, ou ver a bola quebrando a casa toda.

LEIA TAMBÉM:

Por fim, a atriz sai de cena e entra a Dona Vera, a verdadeira mãe de Gabriel Jesus, assistindo pela televisão ao gol de seu filho com a camisa da Seleção e se emocionando ao dizer “Ai Jesus”. No final do vídeo, ainda aparece uma imagem de mãe e filho juntos com a mensagem “Homenagem a quem sempre joga junto com você”.

De alguma forma, o comercial mostra o carinho, o cuidado e orgulho que as mães têm com seus filhos, independentemente da idade e do caminho que decidem seguir.

Assim como o último vídeo, a Vivo une o Dia das Mães, que será celebrado no próximo dia 13, com a Copa do Mundo de 2018, que começará daqui a um mês. A operadora patrocina a Seleção Brasileira de Futebol desde 2005 e, em dezembro de 2017, lançou o primeiro comercial oficial do ano, o “Jogue Junto”.


Um comentário: