quinta-feira, 5 de abril de 2018

Também com falha em MS, Oi é multada em R$ 111 mil pelo Procon

O que você achou? 
Operadora é multada pela segunda vez na região de Corumbá pela má prestação de serviço.

Acabamos de noticiar o problema de sinal que clientes da Claro e da NET encontraram na manhã desta quinta-feira (5), em Mato Grosso do Sul. Pelo visto, o estado também sofre com outras operadoras.

A má prestação de serviços fez a Oi levar uma multa de R$ 111 mil em Corumbá, o quarto município mais populoso de MS e que recebeu, recentemente, o 4G da Oi. O Procon denunciou a operadora depois que ela alcançou denúncias recordes e recorrentes na cidade.


Muitos clientes da região dizem ter problemas frequentes de conexão da Oi, principalmente quando o tempo está ruim e chove. A instabilidade e a interrupção do sinal fizeram o diretor-executivo do Procon de Corumbá, Alexandre do Carmo Taques Vasconcellos, instaurar um processo contra a Oi.

“Entre as principais reclamações estão a queda e/ou oscilações frequentes de sinal de internet banda larga, em virtude da completa paralisação dos serviços da telefonia. A situação se agrava em períodos de chuva, pois há casos de inexistência do serviço durante períodos do dia e às vezes, com menor frequência por mais de 24h”, escreveu no texto.

E ainda completa: “Não há aprimoramento dos equipamentos de modo a melhorar a prestação de serviços e a empresa insiste em oferecer os mesmos serviços, sem que tenha condições de atender aos usuários, o que só agrava a situação. A ampliação de portas de internet precisa ser debatida como forma imediata de solução deste problema”.

LEIA TAMBÉM:

A Oi respondeu que vem adotando as providências para continuar e melhorar os seus serviços prestados, mas não informou nenhum plano de melhoria na cidade.

De acordo com o Diário Corumbaense, a empresa também falou, em relação à banda larga, que alguns clientes mantêm hardwares obsoletos e placas de redes incompatíveis com a velocidade desejada, o que poderia estar causando problema a eles.

A decisão de multar a Oi em mais de R$ 100 mil foi tomada a partir da percepção de que o consumidor fica vulnerável com a má prestação de serviços, que é comum na região, e se acostuma a conviver com o péssimo serviço. Para Vasconcellos, muitas pessoas lesadas nem chegam a formalizar suas queixas.

“As concessionárias, operadoras do serviço de telefonia móvel ou fixo, como fornecedoras de serviço público, são obrigadas a prestar um serviço de excelência ao consumidor, vale dizer, possuem um dever jurídico imposto pela lei do consumidor”, disse.

Não é a primeira vez que o Procon multa a Oi nessa mesma região de Corumbá. Em novembro do ano passado, a operadora foi condenada a pagar R$ 47 mil por não instalar uma loja física na cidade.

De acordo com o sistema de consulta de torres da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a Oi tem apenas três antenas em Corumbá, município com um total de 35 ERBs (Estações Rádio Base).


Um comentário:

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.