terça-feira, 10 de abril de 2018

‘Operação Hello’ investiga fraudes e prende dono de franquias da Oi

O que você achou? 
Sem autorização, homem alterou os planos de pelo menos 25 clientes em várias lojas da operadora.


Um homem foi preso nesta terça-feira (10) após ser investigado por fraude em várias lojas da Oi. Com base no nome da operadora, a Polícia Civil de Cascavel colocou em prática a chamada “Operação Hello”, que cumpriu nove mandados de busca e apreensão somente hoje.

Desse total, três foram de lojas de franquias da Oi em Cascavel, quatro em Umuarama, um em Maringá e um call center em Curitiba, todos municípios do Paraná. E o pior? Todas as lojas do mesmo proprietário.


Ele foi preso porque tinha um mandado de prisão por pensão alimentícia, mas ainda será investigado no caso da Oi, que começou depois da acusação de uma funcionária no começo do ano. De acordo com o relato e as provas apresentadas, o dono produzia identidades falsas com dados dos clientes e alterava os planos contratados sem que eles autorizassem.

LEIA TAMBÉM:

Apesar da diferença de um plano para o outro não ser tão expressiva – inclusive, sem ter sido percebida ou reclamada pelos clientes –, como dono, o homem recebia bonificações da Oi pela movimentação na loja, conforme explicou o delegado Rodrigo Baptista.

Foram pelo menos 25 vítimas comprovadas pelos documentos falsos entregues pela funcionária, além da própria Oi, que acaba sendo prejudicada com o ocorrido. Mas ainda pode haver mais.

Com a Operação Hello, computadores e cópias de contratos também foram apreendidos e, com a ajuda da Oi e a entrega de informações de todos os contratos feitos nos locais investigados, a polícia deve entender quantas de fato foram as vítimas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário