Enacom libera Claro e Telefónica para venda de TV a cabo na Argentina

Agência Nacional de Comunicações da Argentina publicou decisão oficial na última sexta-feira.



A Agência Nacional de Comunicações da Argentina, Enacom (Ente Nacional de Comunicaciones), divulgou, na última sexta-feira (5), que as operadoras Claro e Telefónica (dona da Vivo no Brasil) agora podem fornecer serviços de televisão a cabo em diferentes cidades argentinas, como na capital Buenos Aires.


No caso da Claro, em Buenos Aires e nas cidades de Salta, Hurlingham, Morón, Tres de Febrero e Vicente López. Já a Telefónica tem autorização para prestar serviços em Buenos Aires, nas províncias de Buenos Aires e cidades de Mendoza, Godoy Cruz, Guaymayen e Luján de Cuyo.








A decisão foi tomada durante a primeira reunião do órgão em 2018, que afirmou que os novos regulamentos abrem o mercado de convergência na Argentina e garantem a diversidade de oferta de serviços para os usuários.



Com as licenças, tanto a Claro quanto a Telefónica estão autorizadas, pela primeira vez, a vender serviços “quadruple play” (quad-play) na Argentina. Ou seja, telefonia móvel, fixa, banda larga e TV por assinatura em um único pacote.
Durante o mesmo comunicado, a Enacom afirmou que a Supercanal agora pode operar no segmento de telefonia móvel como uma operadora virtual. Em 2017, a agência também havia autorizado a fusão entre o grupo de TV paga Cablevisión e a Telecom Argentina, que fazia parte da TIM; e entre o Grupo Clarín – o maior conglomerado de mídia da Argentina – com a Nextel Argentina.
LEIA TAMBÉM:



Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*