terça-feira, 30 de outubro de 2018

Projeto de lei prevê uso do Fust para ampliar banda larga no campo

O que você achou? 
Objetivo da proposta é liberar as barreiras legais que impedem a expansão da internet no meio rural.

Um projeto de lei quer que os recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) sejam utilizados para promover acesso à banda larga, especialmente nas áreas rurais.

De autoria do deputado federal Covatti Filho (PP/RS), coordenador de Política Agrícola da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), o projeto foi apresentado na última quarta-feira (24), na Câmara.

Conforme o deputado, o objetivo é liberar as barreiras legais que impedem a expansão da internet no meio rural. 

No FPA, o projeto recebe apoio também da deputada Raquel Muniz (PSD-MG). Conforme ela, a proposta de lei, se aprovada, irá garantir acesso à tecnologia aos pequenos agricultores. 

No entanto, a parlamentar ressalta que é importante que a banda larga chegue a esses pequenos agricultores sem custos. 

VIU ISSO?


Raquel Muniz afirma que são projetos feitos em conjunto com os municípios e torce para que possa atender ainda neste ano a todos que não têm acesso.

No mês passado, as empresas Vivo, Raízen e Ericsson chamaram startups para participarem do Agro IoT Lab 2018 – programa de desenvolvimento de aplicações para o campo com foco em Internet das Coisas (IoT).

O processo seletivo era focado nas startups que tivessem interesse em desenvolver e acelerar projetos para o agronegócio. No total, foram selecionadas dez empresas.

Dados preliminares do Censo Agro 2017 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que o acesso à internet no campo disparou 1.790% em 11 anos, mas ainda falta muito para que todo o campo seja contemplado. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário