domingo, 10 de dezembro de 2017

Veja quais estados têm as menores e maiores coberturas do Brasil

O que você achou? 
Acesse a tabela completa do Minha Operadora com o número de antenas em cada estado, além da área e o número de chips que cada uma consegue atender.


Você sabia que há mais linhas de celular ativas no Brasil do que brasileiros? Enquanto o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nos mostra que somos 207.660.929 pessoas, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) indica que há 240.850.681 de linhas móveis ativas no país. É como se cada brasileiro tivesse pelo menos um chip de celular e ainda assim mais 33 milhões contassem com um extra.

É claro que não é o que acontece. Muitos, inclusive, ainda não contam com a tecnologia que gostariam, principalmente quando o assunto é a cobertura, seja ela de internet ou simplesmente a presença de sua operadora preferida no estado ou município em que mora.



Falando especificamente em conexão à internet móvel, o registro é de 205,5 milhões de conexões, segundo o Telebrasil. E enquanto há 5.570 municípios no Brasil, os dados de outubro de 2017 da Associação Brasileira de Telecomunicações indicam que há 3.363 municípios cobertos pela tecnologia 4G no celular e 5.099 no 3G.


O que mostra que, apesar de muitas operadoras falarem em chamadas por 4G (VoLTE) e expandirem suas redes, muitos municípios só encontram a cobertura 2G para se conectarem.

De acordo com dados da Anatel, os acessos 2G caíram 30% no último ano, mas ainda assim há quem só conte com esta tecnologia para acessar à rede. Já os acessos pelo 4G aumentaram 81% de outubro de 2016 para o mesmo período em 2017.


O Telebrasil informa que a maior barreira de migração do 2G para o 3G ou 4G é o preço do smartphone, que é alto para a população de baixa renda, ainda mais com o imposto elevado sobre o aparelho.

Estados com menor cobertura

Considerando a cobertura das operadoras em cada estado brasileiro, sabemos que em muitos deles elas ainda deixam a desejar. O Minha Operadora criou uma tabela exclusiva com alguns dados sobre cada estado, em que é possível analisar a cobertura em cada um deles.

Separamos as informações da área do estado, as linhas móveis ativas, o total de antenas instaladas (as ERBs – Estações Radio Base) e o cruzamento de dados que indica quantos chips acabam sendo atendidos por uma única antena e quantos km² uma antena de determinada operadora alcança no estado. Veja:


É possível analisar, por exemplo, que São Paulo dispara como o estado com maior número de antenas (21.697) dentro de uma área de 248.222 km².

Por outro lado, estados com áreas maiores contam com quantidades bem menores de antenas. É o caso do Amazonas (1.243 antenas para 1.559.159 km²), na região Norte; Maranhão (1.425 antenas para 331 mil km²), na região Nordeste; Mato Grosso (1.415 antenas para 903 mil km²), na região Centro-Oeste; e Rio Grande do Sul (5.639 antenas para 281 mil km²), na região Sul.

Na 5ª coluna da tabela, dá para ver a média de área que cada antena cobre em cada estado. Proporcionalmente, aqueles que tiverem a menor área por antena representam os estados com melhor cobertura das operadoras, enquanto aqueles que tem grandes números representando os km² que cada antena cobre são os estados mais deficientes em relação à cobertura das operadoras.

Roraima, por exemplo, tem o menor número de antenas. São apenas 159 para uma área total de 224.300 km². Na conta, significa que uma só antena precisa cobrir 1.410,69 km² no estado. No Piauí, é uma antena para cada 244,24 km². Enquanto que, em São Paulo, é uma antena a cada 11,44 km².

Outros estados com boa cobertura segundo a proporção de área com total de antenas seria o Rio de Janeiro e o Distrito Federal. O TOP 5 estados com o maior número de Estações Rádio Base instaladas fica da seguinte maneira:
  1. São Paulo: 21.697
  2. Rio de Janeiro: 9.882
  3. Minas Gerais: 9.245
  4. Rio Grande do Sul: 5.639
  5. Paraná: 5.112
Já o TOP 5 estados com o menor número de ERBs é todo composto por estados da região Norte:
  1. Roraima: 159
  2. Amapá: 249
  3. Acre: 270
  4. Rondônia: 555
  5. Tocantins: 604
Além do comparativo do total de antenas e a cobertura em cada estado no geral, o Minha Operadora também separou quantas antenas cada operadora - entre Claro, Nextel, Oi, Vivo e TIM - têm em cada estado do Brasil.

Clicando aqui você tem acesso aos números e gráficos que comparam a representatividade de cada operadora nos 27 estados brasileiros.

LEIA TAMBÉM:


2 comentários:

  1. Vocês esqueceram de colocar Minas Gerais no Top 5 dos Estados com mais antenas. É o 3°.

    ResponderExcluir