Nextel irá desativar serviço de rádio em todo o país

O rádio foi o carro-chefe da operadora desde o início de sua atuação no país em 1997.

Nesta terça-feira, 24, a Nextel anunciou que encerrará a oferta do serviço de rádio e começará fazer a migração de suas linhas móveis para o uso das tecnologias 3G e 4G. Como justificativa para descontinuar o serviço, a operadora destacou que o surgimento de novas tecnologias fizeram com que o serviço caísse em desuso.

A operadora também enfatizou que os aparelhos com a tecnologia já não são mais fabricados no Brasil e explicou que devido ao baixa estoque dos dispositivos no país, a única forma de continuar a oferecê-los aos seus clientes é por meio da migração. 

O processo de migração do serviço deve ser concluído em 31 de março de 2018. Para tornar a migração mais vantajosa para os clientes do rádio, a companhia também lançará promoções especiais de planos e aparelhos para os usuários. 

Quem gosta do serviço de rádio, pode utilizar o PRIP, aplicativo que transforma qualquer smartphone em um rádio Nextel. O serviço foi o destaque da empresa desde o começo de atuação da operadora no país, em 1997. O rádio foi responsável por construir a base de clientes atuais da companhia. 

LEIA TAMBÉM:




3 Comentários

  1. E gente eu sabia que ia dar nisso…quem ainda hoje com a tecnologia que usamos utiliza Radio chamada Iden da Nextel…pessoal so doido paga por esse servico e pelo tal do Prip que nao vale nada…hoje nos usuarios de Android ou IOS temos o Zello que faz e muito bem o servico identico da Nextel…e melhor de graca e pode ser instalado em qualquer operadora…eu uso e nao tenho oque reclamar…qualidade de voz otima…tchau Nextel…vai ter processo ate na alma com a desativacao do velho Iden.

  2. Alguém aqui usa Nextel? Queria saber se a velocidade da Internet 3G em roaming com a Vivo é boa…na minha área só tem Vivo, aí tava querendo usar a Nextel porque fica mais barato. Obrigado!!!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*