Golpe do FGTS já fez 135 mil vítimas no WhatsApp

Novo golpe no aplicativo promete pagamento retroativo do FGTS, no valor de R$ 1.760.

Nesta segunda-feira, 9, a companhia de segurança ESET anunciou a identificação de mais um golpe no WhatsApp. A nova ameaça promete o pagamento retroativo do FGTS no valor de R$ 1760 e já fez mais de 135 mil vítimas no aplicativo de mensagens instantâneas. 

O link contido na mensagem direciona o usuário a uma página de cadastro, que pede para eles cadastrem seus dados pessoais e os induz a compartilhar a mensagem para mais cinco amigos no aplicativo, como requisito para liberação do benefício. 

O  golpe visa gerar audiência e aproveitar a monetização de anúncios publicitários. Além disso, os criminosos têm acesso e podem usar de má fé, os dados pessoais das vítimas. Segundo a ESET, o código fonte da página é oculto, a empresa recomenda aos usuários estarem atentos e evitar abrir mensagens ou aplicações suspeitas. 

Também não é indicado enviar ou compartilhar esse tipo de publicação para amigos, parentes ou em grupos do WhatsApp. Apesar de alguns golpes não conterem vírus, eles acabam servindo para criminosos terem acesso aos dados pessoais, podendo causar prejuízos financeiros às vítimas. Com informações do Tecmundo.

LEIA TAMBÉM:


No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

COMPARTILHAR EM:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários