Eduardo Navarro, da Vivo, fala sobre interesse da China Telecom na Oi

Presidente da Telefônica Brasil afirma ser a favor da competição, mas com receio da chegada de empresas estrangeiras no setor de telecom no Brasil.

O presidente da Vivo, Eduardo Navarro, falou na última quarta-feira (24) sobre um assunto que vem sendo levantado com frequência: a possibilidade de empresas estatais estrangeiras entrarem no mercado de telecomunicações do Brasil. Questionado durante teleconferência sobre a previsão da China Telecom, que confirmou ter interesse na Oi, efetivamente passar a ter participações na operadora em recuperação judicial, Navarro deu sua opinião.

Apesar de afirmar ser a favor da competição e destacar os players saudáveis do mercado de telecomunicações, o CEO da Telefônica Brasil também mostra preocupação. “O temor é que recebamos players que não sejam confiáveis, que não busquem retorno aos acionistas”, disse.
Ainda durante a teleconferência, que aconteceu após a divulgação dos resultados trimestrais da Telefônica/Vivo, Navarro pareceu otimista com o PLC 79/2016 no Senado, que, segundo ele, seria benéfico para as operadoras e sociedade. Ainda afirmou que pretende dobrar o número de cidades com 4G na faixa de 700 MHz até o mês que vem. De 199, A Vivo passará a cobrir 400 municípios.
LEIA TAMBÉM:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
18 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários