Como funciona a conversão de mensagens de voz em texto da Vivo?

Serviço é oferecido pela empresa Nuance Communications, mas cobrado em pacote “Vivo Recado Premium” por até R$ 6,90 no mês.

Clientes da Vivo que não gostam de ouvir as mensagens de voz pela falta de praticidade podem tê-las convertidas em mensagem de texto através do Vivo Recado Premium. O serviço de conversão automática é oferecido pela empresa Nuance Communications, através do chamado “Visual Voice Mail”, mais uma solução pensada em operadoras móveis.

A conversão para mensagens de texto funciona através de uma tecnologia de reconhecimento de voz, com o apoio de inteligência artificial. Através do aplicativo da operadora, o cliente também pode salvar, apagar ou compartilhar por e-mail o histórico com os recados recebidos, responder também com um SMS, ou ainda há a opção de ouvir por ligação.
Porém, caso o recado deixado na Caixa Postal seja muito longo, o cliente pode receber um SMS com apenas os 388 primeiros caracteres da mensagem transcrita, tendo que ligar para *555 para ouvir o restante. Vale lembrar que, apesar de funcionar fora do Brasil, o serviço de conversão só está disponível em português.
A ideia desse tipo de funcionalidade é conectar as mensagens enviadas com os devidos destinatários, sem que as chamadas fiquem sem acompanhamento e resposta – o que acontece mensalmente com mais de seis bilhões de ligações no Brasil – mas também sem que haja perda de tempo e produtividade. Como afirma o vice-presidente da Nuance Mobile, “é uma experiência conveniente e sem esforço para os assinantes, e de maior lucratividade para a própria organização”.


De fato, para utilizar o Vivo Recado Premium e, consequentemente, o “Torpedo Recado”, é preciso assinar um pacote de R$ 1,99 por semana ou R$ 6,90 por mês, mais um custo para os usuários de telefonia celular.

LEIA TAMBÉM: 

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários