Record, SBT e RedeTV avisam que deixarão TV por assinatura

Comunicado oficial começou a ser exibido na tarde desta sexta nas três emissoras. NET/Claro já respondeu acusação.

Em comunicado divulgado na tarde desta sexta-feira (24), as emissoras de televisão aberta que compõem o Grupo Simba Content (Record TV, SBT e RedeTV) anunciam que vão deixar a grade de canais das principais operadoras de TV por assinatura do Brasil a partir do dia 29/03, quando está previsto o desligamento do sinal analógico na Grande São Paulo.

As três emissoras se uniram para solicitar pagamento das operadoras pelo sinal digital dos seus canais. Atualmente, por serem emissoras abertas, elas não recebem nenhuma remuneração de Sky, Vivo TV e Claro TV, por exemplo, pela transmissão.

Porém, as principais operadoras de TV paga do país parecem não estar dispostas a reservar uma parcela dos seus rendimentos para pagar canais que já faturam alto com publicidade. Na lógica das teles, a programação das emissoras tem um maior alcance por serem exibidas na TV por assinatura. Juntas, NET, Claro TV e SKY possuem quase 15 milhões de assinantes, e detém 80,1% de todo o mercado brasileiro de televisão fechada.


Leia o comunicado do Grupo Simba na íntegra:

“Informamos que a partir de 29 de março, quando o sinal analógico de televisão será desligado em São Paulo, as emissoras Record TV, SBT e RedeTV deixarão de exibir simultaneamente suas programações nas operadoras pagas NET, Claro, Embratel e Sky.

Estas empresas se recusam a negociar os direitos de transmissão com Record TV, SBT e RedeTV, ao contrário do que já fazem com grupos estrangeiros e até com outras emissoras nacionais.

Juntas, Record TV, SBT e RedeTV detêm grande parte da audiência da TV aberta.

Lamentamos a falta de diálogo das operadoras, o que impediu um acordo que respeitasse o desejo do público brasileiro.

São Paulo, 24 de março de 2017.




Record TV, SBT e RedeTV”

Para se defender, o grupo NET/Claro também está exibindo comunicado aos seus clientes:

“Após o encerramento do sinal analógico da TV aberta, em sua cidade, que ocorrerá no dia 29 de março, a exibição dos canais abertos passa a depender de autorização com cada emissora.

Temos acordo para distribuição dos canais de TV aberta Globo, Gazeta, Rede Gospel, Ideal TV, MegaTV, Rede 21, TV Cultura e BAND, que seguirão com a transmissão normalmente após o desligamento do sinal analógico.

Até o momento não temos acordo com os canais RECORD, REDE TV e SBT, e a transmissão destas emissoras poderá ser suspensa por tempo indeterminado.

A NET informa que permanece em busca de acordo com as emissoras para manter a transmissão destes canais.”

LEIA TAMBÉM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários