Oi é o mico do ano de 2016. Vivo é o grande destaque

Oi sofreu no ano passado e perdeu mais de 5 milhões de clientes, enquanto a Vivo conseguiu se manter em crescimento, e atraiu meio milhão de assinantes.


A partir de 2017 o Minha Operadora vai eleger todos os meses o mico do mês, para representar aquela operadora que cresceu menos, e o destaque do mês, que será representado pela empresa de telefonia móvel, de banda larga ou TV por assinatura que mais ganhou clientes no período de 30 dias.

Oi é o “mico do ano”

Para começar, vamos fazer um balanço não só do mês de dezembro – que teve os números abertos ao público pela Anatel na semana passada, mas do ano de 2016 como um todo. De janeiro a dezembro do ano passado, a Oi sofreu, e em meio a um doloroso processo de recuperação judicial, perdeu 5,64 milhões de clientes. Não é pouca coisa! Por isso, a Oi foi o mico do ano.
Vivo é o “destaque do ano”
Por outro lado, a Vivo conseguiu se manter no mercado mesmo com os brasileiros abandonando o uso do segundo chip. Os segmento pós-pago foi a grande aposta da operadora espanhola por boa parte do ano, conseguindo com isso atrair mais 510 mil pessoas para a sua base de usuários. Bom resultado assim precisa ser reconhecido e aplaudido, por isso a Vivo é o destaque do ano.


Veja a seguir como se comportou a base de clientes das principais operadoras de telefonia do Brasil ao longo dos 12 meses do ano passado:


Dezembro

Em dezembro de 2016 o mercado de telecomunicações fechou assim:

  1. TIM (298.936)
  2. Vivo (189.081)
  3. Nextel (39.283)
  4. Claro (-1.709.783)
  5. Oi (-1.709.783)


No total, o mercado de telecomunicações perdeu 13.747.515 linhas móveis durante os 12 meses do ano passado.

Leia também:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
5 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários