Anatel confirma perda da vice-liderança da TIM para a Claro

TIM perdeu mais de 1,3 milhão de clientes, desempenho considerado péssimo para o mercado. Veja como reagiram as suas concorrentes.

Foi confirmada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a perda da segunda colocação da TIM no mercado de telefonia móvel brasileiro. Em matéria publicada em 31 de julho, o Minha Operadora adiantou a informação de que a empresa italiana havia sido ultrapassada pela Claro.

Agora nós temos os dados completos do setor, e podemos ter noção de que a situação realmente foi feia para a TIM mais uma vez. A operadora perdeu quase o triplo de clientes do que todas as outras operadoras juntas! Foram 1.383.411 linhas desativadas. Para se ter uma ideia, a Claro também perdeu muitos clientes, mas bem de longe: – 321.506.


Com isso, a participação de mercado das operadoras móveis nacionais ficou assim:


  1. Vivo: 28,93%
  2. Claro: 25,36%
  3. TIM: 25,25%
  4. Oi: 18,77%
  5. Nextel: 0,97%

Em todo o Brasil, o mercado de celular fechou o primeiro semestre de 2016 com 253,41 milhões de chips ainda em operação, o que representa quase 124 linhas para cada 100 habitantes. No entanto, parece ser uma nova tendência que, chegando promoções mais competitivas com ligações para qualquer operadora, e a ascensão de aplicativos de comunicação instantânea, como o WhatsApp, esse número tende a diminuir cada vez mais ao passo que as pessoas passam a depender menos do serviço de VOZ das operadoras móveis, assim como tem ocorrido com a telefonia fixa.

Continuando com os resultados do celular no mês de junho…

A Oi também teve um saldo de clientes negativo (– 184.061), enquanto Vivo (+ 46.855) e Nextel (+ 4.936), as teles que focam mais na venda de planos pós-pagos (conta) e são apontadas como as empresas com tarifas mais caras pelos consumidores, ironicamente foram as únicas a ganhar assinantes. Será que o brasileiro passou a priorizar mais a qualidade do serviço do que o seu preço baixo?



[ATUALIZAÇÃO 19/08/2016 – 10H53]:

Segue posicionamento enviado pela Assessoria de Imprensa da TIM sobre o teor deste artigo:


O mercado de telefonia móvel no país passa por um momento que já era esperado, com consolidação de chips e diminuição do “efeito comunidade”, impulsionado pelo novo comportamento do consumidor, que hoje prioriza o serviço de dados.A TIM lidera diversos movimentos importantes do setor nesse cenário, como o fim da cobrança diferenciada de chamadas para outras operadoras, a expansão da rede 4G, o desbloqueio da internet no segmento pré-pago, entre outros. A empresa acredita que nesse novo contexto de mercado, o valor associado a cada usuário, e, sobretudo sua satisfação e experiência, se torna mais relevante do que o volume de linhas. A companhia já vê resultados positivos dessa estratégia. A receita média por usuário com serviços de valor agregado cresceu 27% no segundo trimestre desse ano, por exemplo.



Leia também:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários