Oi exige que propaganda da Claro seja retirada do ar

Apelação foi feita junto ao Conar, que regula a publicidade brasileira.


A Oi entrou com um pedido no Conar (Conselho de Autorregulamentação Publicitária), para que o órgão analise uma propaganda da operadora concorrente Claro. A publicidade em questão é a que apresenta o benefício “Claro Internet Turbinada”, que além de oferecer “WhatsApp, Facebook e Twitter grátis“, é também “A Mais Rápida do Brasil”.

Para ilustrar todas as vantagens, a Claro utiliza uma “lesma chip”, que representa a velocidade lenta de uma outra suposta operadora, em comparação com outro celular que possui o chip da Claro. No momento em que o comercial começou a ser veiculado, inclusive aqui no Minha Operadora, muitos chegaram a comparar a cor da lesma azul, com a marca da TIM. Já a cor do chip alaranjado, lembra a muitos a marca da Oi.

Para evitar supostos conflitos com a TIM, a Claro acabou alterando a cor da lesma: abandonou o azul e preferiu o marrom, uma cor que não representa nenhuma empresa concorrente. Já a cor do chip continuou com o seu tom cítrico, que parece ter incomodado a Oi.

No entanto, a Oi alega não ser esse [a cor] o problema. Na apelação junto ao Conar, a operadora brasileira afirma que as condições promocionais expressas no comercial da Claro são inverídicas, como o uso da palavra “Ilimitado”, já que o benefício de gratuidade das redes sociais só dura até o fim da franquia. Como comparação, a operadora apresenta a oferta Oi Galera, de sua autoria, que oferece Twitter e Facebook grátis mesmo após o fim da franquia de dados contratada.

O Conar aceitou os argumentos da Oi, e prometeu que vai analisar e julgar a campanha da Claro muito em breve.

Leia também:
About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
6 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários