Conheça as operadoras com as ‘melhores coberturas’ do Brasil

Cobertura melhor avaliada ficou com média 4. A pior avaliada apresentou média 2,4. Confira o  ranking completo.

Acompanhe o artigo em áudio:
 


Durante várias semanas do mês de novembro e dezembro, o Minha Operadora realizou uma votação com os seus visitantes. O tema foi “Cobertura”. A questão era descobrir qual operadora tem a melhor rede de telefonia especificamente no bairro de cada usuário. Sabemos que a questão “Cobertura e Sinal” varia muito de uma região para outra. Dada a grande extensão do nosso país, é compreensivo que existam diferenças que tirem o conceito de sinal de qualidade de determinada empresa, ou derrubem a má impressão de péssimo serviço prestado por outra.



Perguntar a alguém qual a operadora que possui a melhor cobertura nos lugares que vai é algo genérico, mas saber qual sinal chega mais forte e melhor, diretamente na sua casa, e nos arredores que frequenta, é mais importante.


Quatro operadoras foram pesquisadas, justamente as que possuem cobertura em todos os estados brasileiros: Vivo, TIM, Claro e Oi. Uma pode chegar a mais municípios, mas será que nos lugares em que chega, satisfaz?
Na divulgação dos resultados da votação passada, que avaliou as operadoras com os melhores sites do Brasil, incentivamos a todos a sair da zona de conforto e experimentarem coisas novas – operadoras e serviços novos. Periodicamente, vamos fazer uma pesquisa aqui para cada pessoa demonstrar a sua percepção de cada empresa avaliada. É claro que não podemos opinar sobre algo que nunca experimentamos e não sabemos como funciona. Após coletarmos as notas para cada operadora, somamos todas as notas e dividimos pelo número de participantes para chegarmos a uma média geral de avaliação para cada empresa. Todo décimo de ponto é importantíssimo e faz toda a diferença! Para evitar empate, sugerimos que cada eleitor atribua uma nota decimal, como 3,45 ou 2,3. 
 
Após chegarmos ao resultado final da votação, entramos em contato com cada empresa de telefonia para informarmos sobre a colocação dela na pesquisa. Desta forma, as empresas avaliadas tem a chance de se defender e mostrar que investe no segmento, caso seja mal avaliada, ou de agradecer e mostrar os seus investimentos futuros caso apareça no topo do ranking. Essa foi uma forma que encontramos de aproximar a sua opinião com as operadoras de telefonia brasileiras. Além de ajudá-las a entender se estão agradando as pessoas com seus serviços oferecidos.
 
Sem mais delongas, apresentamos abaixo o resultado completo, com gráfico interativo, que demonstra qual o nível de qualidade de cada operadora nos bairros dos leitores do site que votaram do tema ‘Cobertura’:
 
4º Lugar: TIM (Nota Média – 2,4 pontos)



Se tem um ponto muito criticado na TIM é justamente a qualidade da sua cobertura. Mas já foi bem pior. Há alguns anos a operadora chegou a ter suas vendas suspensas em dezenas de estados, por estar crescendo demais em número de clientes, sem que a rede não acompanhe.

 
Hoje, a TIM investe em plataformas para melhorar a sua cobertura. Dentre elas estão o ‘Portas Abertas’, um sistema de informações montado pela operadora para que seus clientes vejam onde a empresa está investindo para melhorar sua rede, consultar indicadores de qualidade, reportar eventuais falhas na localidade, e consultar alertas de manutenção programada da rede. Um aplicativo para smartphone Android ou iOS também está disponível.
 
A TIM fechou 2014 atendendo a 3.456 municípios, que representam 91,3% da população brasileira.
 
Para detalhar ainda mais a avaliação de cada participante, pedimos ao final da votação, que o usuário informasse a sua cidade, e se ela faz parte de uma região metropolitana do estado, ou se está no interior. Assim podemos avaliar em que situação uma operadora se sai melhor que a outra. No caso da TIM, ela apresentou um desempenho melhor em áreas rurais, onde existe menos tráfego.
 
– Região Metropolitana: 2.40 pontos
– Interior do Estado: 2.52 pontos
 
Em contato com a TIM, apresentamos a operadora todas as notas dadas a ela pelos nossos leitores. A companhia nos respondeu por meio de nota:


TIM reitera o compromisso com a qualidade da sua rede e do atendimento, com foco na satisfação dos clientes. A empresa vem adotando uma série de iniciativas para melhorar os serviços prestados e oferecer planos inovadores para seus clientes, como investimentos nas redes 3G e 4G e em tecnologias como biosite e small cells.


Em setembro, a TIM participou do leilão da faixa de 700 MHz, em linha com a estratégia de expandir o serviço de banda larga móvel no país. A operadora investiu R$ 2,85 bilhões na aquisição do Lote 2 do pregão, de abrangência nacional, tornando-se vice-líder no mercado de 4G, com 30,27% de market share e mais de 1,1 milhão de acessos. Atualmente, a operadora cobre 30,2% da população brasileira, atendendo a 45 municípios.
 
Os investimentos da operadora e a evolução da rede podem ser conferidos no site Portas Abertas (www.tim.com.br/portasabertas), uma iniciativa inédita no mercado de telefonia brasileiro que traz um mapa de cobertura detalhado, o que permite aos consumidores acompanhar todo o trabalho da companhia para aprimorar a qualidade dos serviços, verificar a cobertura da empresa e enviar reportes com sugestões de melhorias.
 
Iniciativas como as descritas acima já apresentam resultados importantes. Atualmente, a TIM é a empresa do setor com menor índice de demandas no PROCON – SINDEC, com volume de queixas 75% menor em relação à operadora mais reclamada.”


3º Lugar: Oi (Nota Média – 2,66 pontos)



A operadora Oi é a que possui a menor cobertura nacional dentre as quatro maiores. Ela atende atualmente 3.379 municípios, que representam 88,6% da população. Portanto, não é a empresa de telefonia recomendada para quem é aventureiro e fica viajando pelos quatro cantos do Brasil. Isso se traduz claramente na pontuação que a operadora obteve nas cidades do interior, de apenas quase 50% de aproveitamento.

 
– Região Metropolitana: 2.74
– Interior do Estado: 2.51


Após saber do seu desempenho na votação, a Oi nos enviou uma nota, que diz:
 
“A Oi informa que, de janeiro a setembro deste ano, investiu R$ 4 bilhões, visando à expansão e melhoria da qualidade da rede móvel (3G e 4G) e da rede fixa para serviços de banda larga e TV paga. A companhia está presente em todo o território nacional, oferecendo transmissão de voz local e de longa distância, telefonia móvel, banda larga, TV por assinatura e a maior rede wi-fi do Brasil, com um milhão de pontos de acesso (hotspots). A Oi tem a maior capilaridade de rede do Brasil, somando uma base de 74,9 milhões de clientes.”
 
2º Lugar: Claro (Nota Média – 3,33 pontos)
 



A Claro tem a segunda melhor potência de área de cobertura, segundo os votantes. Atendendo a 3.687 municípios, ou 91,9% da população, a operadora apresenta maior popularidade com os usuários das grandes cidades.

 
– Região Metropolitana: 3.64
– Interior do Estado: 2.77


Entramos em contato com a Claro para falar sobre o resultado da votação, que nos respondeu:


“A Claro investe constantemente em infraestrutura para oferecer serviços de qualidade aos seus mais de 70 milhões de clientes. Nesse sentido, uma série de melhorias estão sendo empregadas com base na revisão dos principais processos de atendimento que estão relacionados aos assuntos mais demandados pelos usuários. A operadora terá investido, de 2012 até 2014, R$ 6,3 bilhões em infraestrutura.
 
Nos últimos 12 meses, destacam-se as cinco expansões da capacidade de rede com tecnologia 2G, 336 ampliações de rede com tecnologia 3G, além do lançamento do 4G em 33 novas localidades. Ao todo a operadora está presente em 3.688 municípios (dados novembro de 2014). Hoje a Claro é a única a permitir o acesso ao Facebook e Twitter gratuitamente pelos dispositivos móveis. Também disponibiliza o acesso ao 4G sem custo adicional para todos os clientes.
 
Além disso, de acordo com as últimas medições de qualidade de banda larga (EAQ) da Anatel, referentes aos meses de julho, agosto e setembro/2014, a Claro foi a única entre as quatro maiores empresas do setor a cumprir as metas estabelecidas nos dois indicadores avaliados em todos os estados analisados durante o trimestre. Este é o quinto mês consecutivo que a tele conquista este resultado.  Em setembro, a operadora foi a primeira colocada entre as maiores companhias de telefonia móvel em operação no Brasil em 18 estados no indicador que mede a velocidade de transmissão instantânea, e em 7 estados no indicador que mede a velocidade média. No Rio de Janeiro, a operadora obteve a melhor colocação em ambos os indicadores durante todo o trimestre, e no Rio Grande do Sul, liderou o primeiro indicador ao longo dos últimos três meses mensurados.”
 
1º Lugar: Vivo (Nota Média – 4 pontos)
 



A líder do ranking é mais uma vez a Vivo. Primeiro lugar também no número de municípios brasileiros cobertos: 3.757 (91,2% da população atendida), a Vivo foi a melhor avaliada pelos usuários tanto do interior, quanto de regiões metropolitanas. Mas apresentou uma larga vantagem em áreas urbanas.

 
– Região Metropolitana: 4.24
– Interior do Estado: 3.53

Numa região em que ela foi a última a chegar – nordeste, em 2008 – a Vivo ainda tem muitos municípios a serem cobertos, mas sabe-se que nos lugares em que já possui cobertura, o sinal atende as expectativas dos moradores.


Um dos lemas da operadora é o “Pegabem”. Apesar de negar que o termo seja para dizer que sua rede funciona bem em todos os lugares – a operadora disse que o termo é utilizado para mostrar que a Vivo pode ajudar os seus usuários a realizarem coisas que ‘pega bem’ – a Vivo sempre se vangloriou do seu sinal, tendo usado durante muito tempo o slogan “Sinal de Qualidade”.


Por meio de nota, a operadora se disse lisonjeada com a sua posição no ranking, e que continua fazendo os investimentos necessários na rede para melhorar ainda mais. Leia a nota:
 
“A Telefônica Vivo fica honrada em ocupar o topo dessa lista e agradece a todos que votaram na nossa empresa, nessa pesquisa. A operadora trabalha continuamente para levar conexão de qualidade a cada vez mais brasileiros. […]
A missão da Telefônica Vivo é levar sinal de qualidade para cada vez mais brasileiros, onde quer que eles estejam. Para isso, a empresa investe continuamente na rede que atende aos mais de 90 milhões de clientes no Brasil. […]

 

A maior parte dos recursos aplicados pela Telefônica Vivo, destina-se à expansão e modernização da infraestrutura de redes e sistemas.. A companhia investiu no período de 2011 até dezembro de 2014, 24,3 bilhões de reais na operação da Vivo em todo o Brasil e mantém o compromisso de continuar investindo e conectando cada vez mais pessoas.”





Expressamos aqui nossos agradecimentos a todos que participaram da votação sobre a qualidade da cobertura de cada operadora de celular e nos ajudaram a montar esse ranking.
About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
39 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários